Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


21/10/2013

Comissão de agricultura aprova compensação por serviços ambientais

Proposta segue em tramitação na Câmara dos Deputados

Produtor poderá ter ajuda técnica para realização dos projetos (Foto: Cris Bierrenbach/Ed. Globo)

A Comissão de Agricultura aprovou, na quarta-feira (18/9), a proposta (PL 1274/11) que cria o Programa Nacional de Compensação por Serviços Ambientais e um fundo federal específico para esse fim. A intenção é que o produtor rural desenvolva iniciativas de preservação ou de recuperaçãoambiental em sua propriedade – e seja recompensado financeiramente. 

O relator, deputado Moreira Mendes (PSD-RO), defendeu a aprovação do projeto de autoria do deputado Onofre Santo Agostini (DEM-SC). Na avaliação de Mendes, o programa coloca em prática a política ambiental prevista no Novo Código Florestal (Lei 12.651/12). 

"O pagamento por serviços ambientais é um dos pilares que sustentam a nova legislação ambiental brasileira. De nada adianta aprovar o código, como aprovamos, se não avançarmos a discussão para formas de recompensa. É valorizar o produtor rural que cuida do meio ambiente", sustentou. Também está previsto que, além de receber umpagamento pelo projeto desenvolvido, o produtor poderá ter ajuda técnica para a sua realização. 

Ações 

De acordo com a proposta, o agricultor ou pecuarista poderá ter três tipos diferentes de atuação: unidades de conservação, formações vegetais e água. A primeira delas busca a preservação da biodiversidade ou recuperação de áreas protegidas. Nas áreas classificadas como “formações vegetais”, o objetivo é recompor áreas degradadas com espécies nativas e proibir a conversão das florestas em zonas agropastoris. Já o subprograma “água” busca minimizar a erosão do solo e proteger bacias que abasteçam as cidades. 

O fundo que pagará por esses serviços será formado por recursos orçamentários, parte das compensações financeiras recebidas pelo uso dos recursos hídricos e minerais e 50% dos recursos arrecadados com a Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental.

A proposta ainda tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, de Finanças e Tributação, e de Constituição e Justiça e de Cidadania.


Fonte: Globo Rural On-line



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


JOSÉ GERALDO RIVELLI disse:

21/10/2013 às 19:49

Toda iniciativa que busque ajudar o proprietário rural deve ser bem vinda entretanto esta pode ser apenas mais uma letra morta.
Uma iniciativa importante é dar redução de tributos para a empresas que aplicarem em programas de PSA a exemplo do Fomento Florestal em Minas.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1350 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey