Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


17/09/2013

Empresa peruana cria certificado para estimular reflorestamento da Amazônia

Google

O Peru enfrenta desafios semelhantes ao Brasil no que diz respeito a preservar a Floresta Amazônica, assim cada nova iniciativa que surge por lá tem o potencial de ser útil também para os brasileiros.

Portanto, vale a pena tentar entender o que foi batizado de Certificado de Captura de Carbono (CCC), um mecanismo que visa arrecadar fundos para o reflorestamento na Amazônia peruana ao reunir recursos de empresas que desejam neutralizar suas emissões de gases do efeito estufa.

Formulado pela companhia Peru Carbon Fund (PCF), o CCC é concedido para proprietários de terras que reflorestem áreas que foram desmatadas para uso agrícola e agropecuário. Mas ao contrário dos créditos de carbono, os CCCs não podem ser comercializados.

“Cada CCC é emitido por um investidor específico para compensar sua pegada de carbono. Esse certificado não pode ser negociado com outras empresas. A PCF faz o relacionamento direto entre os investidores e os agricultores, reduzindo os custos de certificação e transação”, afirmou Alessandro Riva, presidente da PCF, em entrevista para o Ecosystem Marketplace.

Outra diferença para os créditos de carbono é que os CCCs permitem o aproveitamento das áreas reflorestadas, desde que seja respeitada a não liberação de carbono. Assim, é possível explorar a madeira para a construção civil, por exemplo.

Segundo Riva, ao permitir a exploração da madeira, o mecanismo faz com que as espécies de rápido crescimento da Amazônia ajudem a reduzir o desmatamento em outras áreas ao mesmo tempo em que lida com as mudanças climáticas e cria empregos.

“É um mecanismo que segue as regras específicas da realidade e das estruturas legais peruanas. Dessa forma, a maior parte dos moradores e dos investidores corporativos pode se identificar com ele, permitindo que o programa cresça mais rápido nacionalmente”, disse Riva.

Ainda segundo a PCF, a simplicidade do CCC faz com que ele seja muito mais atrativo do que os padrões internacionais para a geração de créditos de carbono, que ainda sofrem para alcançar uma maior popularização.

“Podemos dizer que é praticamente gratuito para qualquer fazendeiro conseguir o CCC, desde que ele cumpra os pré-requisitos. Enxergamos que essa é a única maneira de promover o reflorestamento no Peru com o intuito de frear o desmatamento”, concluiu Riva.

É preciso avaliar mais de perto como realmente funcionam os CCCs e se realmente rendem resultados positivos para os agricultores e para a floresta. Vamos acompanhar a implementação desse mecanismo no Peru e trazer mais informações no futuro.


Fonte: Instituto CarbonoBrasil



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/02/2019 às 06:07

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas

COLHEITA DE CHUVAS NO CAMPO


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2975 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey