Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Indústria de pellets será instalada em Santa Catarina a partir de 2014

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


14/09/2013

Indústria de pellets será instalada em Santa Catarina a partir de 2014

Foto: Google
Produzir energia limpa está nas prioridades empresariais brasileiras. De acordo com o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Biomassa e Energia Renovável (ABIB), Celso Oliveira, um projeto para construção de uma fábrica de wood pellets vem sendo desenvolvido pela Brasil Biomassa no município de Otacílio Costa, Estado de Santa Catarina.

O projeto já passou pela fase de viabilidade econômica e agora se encontra na busca por financiamento, além das certificações nacionais e internacionais para iniciar a produção de pellets – pedaços de madeira em formato cilíndrico cujos diâmetros variam de 6 a 10 milímetros. Os pellets são resultantes de serragens da indústria de processamento de madeira, ou de processos de aproveitamento de resíduos lenhosos ou florestais.

Segundo Celso Oliveira, essa transformação de alta densidade pelo sistema de trituração, secagem e peletização industrial permite um aumento de eficiência, fluxo e melhoramentos de propriedades de combustão. Por isso, os pellets são considerados um combustível ecológico utilizado para aquecimento térmico residencial e industrial. Pellets queima um CO2 neutro, pois é liberado o dióxido de carbono durante o processo de aquecimento térmico compensado pela absorção no processo florestal. Quem produz ou utiliza o pellet não só contribui para a mudança global do clima, mas também ajuda a reduzir o aquecimento global e o efeito estufa.

Países do continente europeu são os maiores consumidores de pellets. Mesmo os países escandinavos tendo uma forte indústria de base florestal, o que é produzido por Finlândia, Suécia e Dinamarca mal dá para o consumo interno. Por enquanto, Estados Unidos, Canadá e Rússia são os grandes fornecedores de pellets. Só em 2012, os americanos exportaram o equivalente a US$ 331 milhões para a Europa. “O mundo inteiro sabe do potencial florestal brasileiro. Agora, nosso país está começando a entrar nesta área e, em algum tempo, nos tornaremos exportadores, afinal trata-se de uma energia limpa”, explicou Celso Oliveira.

A escolha do município de Otacílio Costa – em Santa Catarina – se dá pela estrutura logística de transporte, ou seja, a região serrana (microrregião dos Campos de Lages com os municípios de Braço do Trombudo, Agrolândia, Ponte Alta, Petrolândia, Pouso Redondo, Lages, Bocaina do Sul, Bom Retiro, e Palmeira) é um dos maiores pólos florestais do Brasil. Isso porque já existem áreas já cultivadas com florestas com pinus na região, além da presença da indústria de transformação da madeira.

Será construída uma unidade industrial com a moderna tecnologia de produção inicial de 15 toneladas por hora, o que dá uma estimativa de produção anual de 108.000 toneladas de pellets, proporcionando o desenvolvimento econômico e social, além de tornar a cidade uma referência nacional pelo projeto modelo e sustentável - o maior em desenvolvimento no Brasil. O investimento nesta unidade industrial é de R$ 50 milhões.


Fonte: Painel Florestal - Elias Luz



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (4)


HELIO ALVES RODRIGUES disse:

16/10/2013 às 12:29

Muito bom, eu como Técnico em Florestas gostaria de trabalhar nesta área, espero ter oportunidade, Parabéns aos desenvolvedores do projeto.


sergio abel guenzen disse:

16/10/2013 às 10:17

Me interessa bastante este assunto. Gostaria de aprofundar meus mínimos conhecimentos para transformar residuos, sobras de mdf, compensados, madeirites em pellets ou outra matéria-prima similar com destinação para biomassa. Se alguém puder me ajudar, antecipadamente agradeço. Sou empresário no setor de distribuição de mdf, e produção de matéria-prima para o setor mobiliário ( móveis de um modo geral ).

Grande abraço a todos que colaborarem com minhas idéias.

Sérgio - 41 3346 0102 e-mail amizade@matrix.com.br - www.amizadecuritiba.com.br

RICARDO COSTA disse:

16/10/2013 às 07:47

tenho estudado a possibilidade de desenvolver um projeto de pellets em minha cidade, porém os estudos de viabilidade para pequenos negócios está muito deficitário ainda. Voces indicam alguma literatura ou algúm orgão estatal que me dê maiores exclarecimentos? Obrigado.

joao marcio disse:

12/10/2013 às 09:41

ÓTIMA A REPORTAGEM SINAL DE Q O MERCADO DA PRODUÇÃO DE MAMADEIRA E MUITO AMPLO

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


7131 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey