Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


21/06/2013

Estudo ecológico e econômico da palmeira juçara (Euterpe edulis Mart.) no entorno do Parque Estadual Serra do Brigadeiro (PESB), MG

Dissertação de Mestrado defendida no Departamento de Engenharia Florestal da UFV pela Engenheira Florestal Letícia Bonifácio Fávaro sobre a ecologia da palmeira juçara e seu potencial econômico na produção de polpa

Processamento dos frutos para produção de polpa
O objetivo geral deste trabalho foi analisar o processo de produção de polpa de açaí, a partir da palmeira juçara (Euterpe edulis Mart.) considerando-se critérios ecológicos e econômicos. No primeiro capítulo, foram analisados parâmetros da estruturas horizontal, vertical, interna e paramétrica de um fragmento de Floresta Atlântica Montana, com dominância da espécie E. Edulis. No segundo,foram utilizadas ferramentas de SIG para determinação de variáveis espaciais associadas à ocorrência de povoamentos naturais da palmeira juçara. Enquanto no terceiro, avaliou-se a viabilidade da produção de polpa de açaí a partir de frutos da palmeira. O padrão de distribuição da espécie E. edulis é classificado como agregado e o fragmento florestal se encontra predominantemente na face sudeste do relevo. Os dados de rendimento do processamento de frutos em polpa foram obtidos a partir de colheitas realizadas em áreas abertas (quintais domésticos e palmeiras isoladas) cuja produtividade média foi de 7,85 kg.palmeira-1. Os custos envolvidos na análise foram os relacionados à mão-de-obra e equipamentos para as atividades de colheita de frutos, totalizando R$ 2,86.kg-1 para a mata nativa e R$ 0,96.kg-1 para áreas abertas, e os custos de processamento dos frutos (R$ 1,76.kg-1). Assumindo que os custos de produção em mata nativa foram de R$ 4,61.kg-1, a atividade só é viável economicamente se o preço médio da polpa tipo média for superior a R$ 10,00.kg-1. Já para áreas abertas, o limite de preço que viabiliza economicamente a atividade é de R$ 6,00.kg-1. No entanto, se se considerar o custo com estocagem da polpa, esses valores sobem para R$11,00.kg-1 e R$7,00.kg-1, respectivamente. Conclui-se que a viabilidade econômica da atividade de beneficiamento de frutos de E. edulis em polpa de açaí está intimamente relacionada ao preço final da polpa de açaí produzida no norte do país, que por sua vez é em função da sazonalidade entre as safras. Logo, os custos de estocagem podem ser compensados pela venda de polpa na entressafra, cujo preço médio, no ano de 2012, situou-se entre R$8,00 e R$15,00 o kg de polpa tipo média.


Orientação e Banca
Orientador: Agostinho Lopes de Souza
Coorientadores: Carlos Antônio Alvares Soares Ribeiro, Laércio Antonio Gonçalves Jacovine e Carlos Pedro Boechat Soares
Membros da banca: João Paulo Viana Leite e Márcio Leles Romarco de Oliveira

Para acesso à dissertação completa, acessar o link: http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4813




Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/11/2019 às 17:17

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2966 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey