Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


25/03/2013

Qualidade da madeira de Eucalipto para produção de celulose kraft

Tese de Doutorado defendida no Departamento de Engenharia Florestal da UFV pelo Engenheiro Florestal Humberto Fantuzzi Neto, sobre produção de celulose kraft com madeira de clones de eucalipto.

Fonte: Google
No Brasil, as florestas plantadas constituem a principal fonte de matéria-prima para as indústrias de base florestal. Mesmo conhecendo a composição química da madeira, é difícil prever seu comportamento durante a polpação, torna-se necessário então associar os resultados das análises químicas das madeiras com os resultados tecnológicos da polpação e os aspectos de crescimento da floresta, tratando a produção de celulose como um processo integrado floresta-fábrica, visando reduzir custos e aumentar a produção. Dentro deste contexto o objetivo do trabalho foi a avaliação da qualidade da madeira de clones de eucalipto para produção de celulose kraft. Os resultados demonstraram que a carga de álcali ativo, o teor de lignina e o teor de extrativos apresentaram efeitos significativos no rendimento da polpação kraft. A densidade básica da madeira não afetou significativamente o rendimento da polpação, mas sim o consumo de madeira para produção de celulose (m3 madeira/ton celulose). Densidade básica, teor de lignina e teor de extrativos foram recomendados como critérios de qualidade da madeira a serem determinados para seleção de clones antes da determinação das características de polpação, entre outros resultados. As análises descritas nos sete capítulos do estudo permitem concluir, que as características físico-químicas da madeira, juntamente com os aspectos silviculturas, técnicas de clonagem e variáveis de processo, determinam o potencial de um clone de eucalipto para produção de celulose kraft.

Orientação e Banca
Orientador: José Lívio Gomide.
Coorientadores: Jorge Luiz Colodette e Rubens Chaves de Oliveira
Membro da banca: Ana Marcia Macedo Ladeira Carvalho, José Tarcísio da Silva Oliveira Teresa e Cristina Fonseca da Silva

Para acesso à tese completa, acessar o link:
http://www.tede.ufv.br/tedesimplificado/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4145




Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


d30E855Gw disse:

28/09/2013 às 20:24

Hai RONALDO,i am the greatest fan of you,who is dlwleing in INDIA.I think that you are a world class footballer who came across obstacles in life to achieve this gold moment of carrying the golden boot.THANK YOU for allowing me to leave a comment.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3782 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey