Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


21/03/2013

Paraná e o Novo Código Florestal

Paraná desenvolve atividades para a compreensão e implantação do novo código florestal no estado

Foto: Google
O setor florestal do Paraná já está trabalhando para a compreensão e implantação do novo código florestal no estado. A APRE Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal realizou, em Curitiba, o primeiro de uma série de workshops sobre o assunto. O evento reuniu cerca de 50 especialistas e empresários com o objetivo de discutir e tirar dúvidas práticas sobre o novo código na atividade florestal do Paraná.
            Para o engenheiro florestal e advogado especialista em direito ambiental, Dr. Paulo de Tarso de Lara Pires, eventos como esse ajudam as empresas no esclarecimento da nova lei. Nós temos uma lei que é relativamente nova e complexa e que ainda vai ser implementada , explica. Ainda segundo Paulo, o estado deve estar preparado. É fundamental que o setor florestal já esteja articulado e atento para que todas as decisões que sejam tomadas daqui para frente estejam harmonizadas com a atividade florestal do Paraná .
            Entre os assuntos discutidos no evento, estão o Cadastro Ambiental Rural (CAR), onde o produtor rural irá cadastrar sua propriedade para conhecimento do poder público e o Programa de Regularização Ambiental (PRA), que concederá incentivos econômicos para a empresa que preserva o meio ambiente. 
            Mariano Felix Duran, diretor do Departamento de florestas plantadas da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Paraná (Seab), acredita que o novo código deve ser interpretado da maneira mais transparente. É através destes esclarecimentos que vamos levar aos produtores rurais, em uma linguagem mais acessível, as questões técnicas da nova lei , explica.
            Na opinião do assessor técnico da Associação Brasileira de Produtores de Florestas Plantadas (ABRAF) e palestrante do workshop, Marcílio Caron Neto, Paraná não terá grandes impactos na aplicação do novo código. O código já foi muito discutido. Mas acredito que o produtor do Paraná não terá dificuldades para se adaptar aos novos conceitos da lei, explica.


Fonte: Interacto Comunicação



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

06/08/2020 às 04:13

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1783 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey