Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Para quem fala de falta de biodiversidade: 9.000 aves registradas em áreas da Fibria

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


27/02/2013

Para quem fala de falta de biodiversidade: 9.000 aves registradas em áreas da Fibria

Em florestas de eucalipto e matas nativas nos Estados do Espírito Santo, Bahia e Minhas Gerais.

Fonte: Google

Em 2012, a Fibria registrou cerca de 9 mil aves em florestas de eucalipto e matas nativas nos Estados do Espírito Santo, Bahia e Minhas Gerais. Como são particularmente sensíveis a alterações no hábitat, as aves ajudam a entender o funcionamento ecológico do sistema de plantio. Das 386 espécies identificadas, 21 estão ameaçadas ou criticamente ameaçadas de extinção. O monitoramento de avifauna em áreas da Fibria é realizado em parceria com entidades conservacionistas e universidades.

Fibria no Índice Dow Jones para Mercados Emergentes

A Fibria foi selecionada para compor a carteira 2012 do Dow Jones Sustainability Emerging Markets Index (DJSI Mercados Emergentes), que aponta as melhores empresas em sustentabilidade corporativa em países emergentes. O índice foi lançado neste mês e o reconhecimento é retroativo a 2012. Foram selecionadas 69 companhias de países como Brasil, China, Índia, Chile e África do Sul. A Fibria foi uma das 15 empresas brasileiras e uma das duas do setor Paper & Forest Products a integrar o novo índice. Saiba mais no site oficial.

Segundo navio de frota dedicada atraca em Portocel

A Fibria celebrou ontem (26/2) a nova fase do transporte marítimo da empresa. Em evento realizado em Aracruz (ES), recebeu o STX Brassiana, segunda embarcação de uma frota de até 20 navios da sul-coreana STX Pan Ocean a serviço da Fibria pelos próximos 25 anos. O STX Brassiana atracou no Terminal Especializado de Barra do Riacho - Portocel para seu primeiro embarque no Brasil. Cerca de 250 pessoas participaram do evento, entre elas o governador Renato Casagrande; Seon Ryung Bae, CEO da STX Pan Ocean; Marco Antônio Trovão, capitão dos Portos do Espírito Santo; Flávio José Coelho, inspetor da Alfândega no Espírito Santo; Marcelo Castelli, presidente da Fibria; e diretores da empresa.

Classificação de risco da Fibria recebe 'upgrade' da Fitch

A agência Fitch Ratings, em relatório divulgado no dia 22/2, alterou de estável para positiva a classificação de risco da Fibria. A mudança no rating, que passou para BB+/Positiva, é resultado do conjunto de ações adotadas pela companhia para reduzir o endividamento e a manutenção do foco nesse sentido. A alteração na perspectiva de risco significa que, em um período de 12 a 24 meses, a Fitch poderá elevar a nota da Fibria para BBB-, que corresponde ao grau de investimento (investment grade).

Empresa investe na recuperação de estradas em MS

Para garantir a segurança do transporte de madeira em caminhões, em 2012, a Fibria investiu cerca de R$ 3 milhões na construção e na recuperação de aproximadamente 90 quilômetros de estradas de Três Lagoas, Arapuá, Selvíria, Brasilândia, Água Clara e Ribas do Rio Pardo (MS). Em 2011, foram destinados R$ 4 milhões para obras na Estrada Municipal de Brasilândia, facilitando o transporte de alunos e o escoamento de produção da região, principalmente em época de chuva. A Fibria investe anualmente em estradas e aquelas que recebem a manutenção da empresa são sinalizadas para evitar possíveis acidentes.

De mãos dadas pelos recursos hídricos do Vale do Paraíba

A Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos (SSRH) paulista assina hoje (27/2), na Assembleia Legislativa de São Paulo (SP), protocolo de colaboração com a Associação Corredor Ecológico do Vale do Paraíba (ACEVP). O acordo viabiliza a realização de estudos sobre preservação e a recuperação dos recursos hídricos no Vale do Paraíba, além da identificação de áreas de interesse hidrológico na região. A ACEVP irá colaborar tecnicamente com a SSRH na elaboração de políticas públicas referentes ao tema e compartilhar sua metodologia de mapeamento e soluções científicas para melhor aproveitamento dos recursos hídricos. José Luciano Penido, chairman da Fibria e presidente do Conselho da ACEVP, e executivos da empresa ligados ao Corredor Ecológico estarão presentes no evento.

Fibria apresenta resultados de programas de educação ambiental em SP

Em 2012, ações do projeto Interpretação Ambiental envolveram 518 alunos de 16 escolas rurais de Santa Branca, Igaratá, Paraibuna e Jambeiro, por iniciativa do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) da Fibria em Santa Branca. Já o NEA de Jacareí (SP) certificou 32 alunos do projeto Ecoagentes Mirins, formados multiplicadores de ações sustentáveis na comunidade, para atuar na escola e também nos bairros onde moram. Em parceria com as Secretarias de Educação municipais, foram desenvolvidos diversos projetos envolvendo 1.268 alunos do 5° ano em 18 escolas públicas de Capão Bonito e Taquarivaí (SP).

Você sabia...

...que o Forest Stewardship Council® (FSC®) lançou novo documento sobre a relação entre a certificação FSC® e o manejo de plantações? O relatório explora questões-chave como as formas de melhorar o manejo nos aspectos sociais, ambientais e econômicos por meio da certificação.


Fonte: Painel Florestal - Assessoria



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

17/11/2018 às 12:06

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1447 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey