Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Eucalipto atrai investidores em Mato Grosso

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


07/11/2012

Eucalipto atrai investidores em Mato Grosso

Usada como fonte de energia para o setor industrial, a produção de eucalipto em Mato Grosso cresceu 4 vezes nos últimos 12 anos. Este ano, a produção está estimada em 2,5 milhões de toneladas, contra 500 mil (t) no ano 2000

Área cresceu de 20 mil hectares para 100 mil (ha) no mesmo período e a tendência, agora, é de estabilidade. Os dados são da Associação de Reflorestadores de Mato Grosso (Arefloresta/MT) e segundo o presidente, Fausto Takizawa, a não perspectiva de aumento na área é motivada pela concorrência com outras madeiras, usadas como fonte energética.

Nos últimos anos a produção deu um salto expressivo, o que conforme Takizawa é explicado por 3 fatores. O primeiro deles está relacionado ao crescimento na produção de grãos e carnes no Estado. “As indústrias do agronegócio precisam de calor (energia) para executar diversos procedimentos como a secagem de grãos e aquecimento de caldeiras, e o eucalipto é uma madeira barata”, diz ao acrescentar que a espécie é a mais indicada à essa finalidade pela característica sustentável.

O segundo fator se refere ao avanço tecnológico, já que as mudas são produzidas com tecnologia avançada, com ganho de produtividade. Já o terceiro motivo está relacionado à oportunidade de se montar um polo industrial em Mato Grosso, usando o eucalipto para fabricação de MDF, compensando ou mesmo madeira serrada. “Isso ainda não existe aqui, mas têm empresas iniciando a sondagem para o desenvolvimento da indústria de base florestal em Mato Grosso, o que será efetivamente possível com a redução dos empecilhos à atividade envolvendo as questões fundiária, ambiental e logística.

Quem inicia o cultivo de eucalipto focado no processamento pela indústria local é a CooperFlora Brasil, que tem sede em Rondonópolis e reúne 40 produtores que cultivam a espécies em vários municípios de Mato Grosso como Rondonópolis, Tangará da Serra, Dom Aquino, Santo Antônio de Leverger, Cuiabá (região do Manso), Itiquira, Alto Araguaia, Alto Garças, Jaciara, Campo Verde e Pedra Preta, além de Mato Grosso do Sul, na cidade de Sonora e Goiás, no município de Santa Rita do Araguaia. “A cooperativa foi formada há um ano e desde então estamos trabalhando na busca de tecnologia e novos mercados para a madeira, que pode ser usada como compensado, MDF para móveis e na construção civil, além do agronegócio”, explica o presidente da cooperativa, Gilberto Goellner, que na última semana visitou indústrias no litoral baiano que usam a madeira do eucalipto na fabricação de janelas e móveis.

A cooperativa tem uma área plantada estimada em 20 mil hectares (nos 3 estados), sendo que 70% está em Mato Grosso, 20% no Mato Grosso do Sul e 10% em Goiás. São lavouras de 2 a 5 anos, mas cujo corte poderá ser feito a partir do 6º ano, devido à qualidade das mudas.
Participação - Para se ter uma ideia da participação do eucalipto na produção de madeira sustentável e para geração energética em Mato Grosso, o proprietário do Viveiro Flora Sinop, Jaldes Langer, afirma que de um total de 6 milhões de mudas produzidas por ano, 4,7 milhões são de eucalipto.


Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?tit=eucalipto_atrai_investidores_em_mato_grosso&id=84027



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

23/05/2019 às 22:55

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2006 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey