Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


12/07/2012

Seagro busca parcerias para expandir mercado do látex tocantinense

A Seagro - Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário - está em busca do fortalecimento do canal de comercialização dos produtos de seringueira do Tocantins

Por isso, o diretor de Agroenergia da Seagro, Luiz Borges Leal, irá encontrar representantes de empresas, nesta quarta e quinta-feira, dias 11 e 12, em São José do Rio Preto – SP.

Segundo Leal, a intenção é expandir o mercado de vendas na cadeia produtiva do seringal para beneficiar, principalmente, os pequenos produtores que estão produzindo o látex no Tocantins. “Estamos buscando essa parceria para ampliar esse mercado promissor no Tocantins. Além de se comprometerem a comprar os produtos, as empresas dão assistência técnica e transferem tecnologias de ponta para esses produtores”, enfatizou Leal sobre os benefícios da união.

Incentivo

Para incentivar a produção da cultura no Tocantins, o Governo do Estado lançou recentemente o Polo de Produção de Seringueira Cantão, no município de Pium e região. Ainda este ano, serão lançados os polos Meio-Norte e Sudeste, que fazem parte do programa de Fomento ao Plantio de Seringueira no Tocantins, que estimula o cultivo das árvores em áreas de até dois hectares em propriedades de agricultores familiares. O objetivo é que a cultura se torne mais uma alternativa de renda para os pequenos produtores.

De acordo com o secretário Executivo da Seagro, Ruiter Padua, o Governo do Estado vem se empenhando, cada vez mais, em incentivar a produção de seringueira no Tocantins, em parceria com os produtores e sindicatos voltados para esse segmento do agronegócio. “A intenção é buscar a parceria para que possamos atrair investidores, pequenos e grandes, para o cultivo dessa cultura, que tem crescido nos últimos anos, mostrando capacidade de gerar economia”, enfatizou.

Dados

Segundo informações do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o Tocantins produziu em 2009, aproximadamente 1,8 mil toneladas de látex. De acordo com levantamento da Seagro, atualmente o Estado cultiva a seringueira numa área de 1.840 hectares. A expectativa é chegar em 2015 com um plantio de 5.040 hectares da árvore, beneficiando 1.260 agricultores familiares. Um hectare cultivado com seringueiras pode gerar R$ 7 mil de renda líquida por ano, de acordo com a Diretoria de Agroenergia.


Fonte: http://www.portaldoagronegocio.com.br/conteudo.php?tit=seagro_busca_parcerias_para_expandir_mercado_do_latex_tocantinense&id=77553



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (2)


volnei de oliveira walter disse:

08/08/2012 às 23:43

estou negociando 1723 ha , este é um projeto que me agradou,só não é dinheiro,para me manter até, começar a colher o latex.pena.

jefferson silverio disse:

23/07/2012 às 00:51

esta é uma boa para os pequenos agricultores. mas nao,vejo niguem falando sobre as seringueiras,na regiao de conceiçao do tocantis.lá tem muitos pequenos agricultores e ai?esperamos que nos dem alguma esperança.....

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1689 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey