Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/06/2012

País tem participação mínima no mercado do látex

Foto: Ney Marcondes

De uma produção mundial da ordem de 7,2 milhões de toneladas de borracha natural, o Brasil tem uma participação irrisória, hoje oscilando em torno de 100 mil toneladas, o equivalente a cerca de 1,4% do volume total. A produção interna corresponde a apenas um terço doconsumo, que está na casa de 300 mil toneladas/ano. A indústria de pneumáticos absorve a maior parte (75%) da borracha natural consumida no país.

A informação é do economista Armando Soares, presidente da Associação dos Produtores de Borracha Natural do Brasil e membro efetivo da Câmara Setorial da Cadeia da Borracha Natural do Ministério da Agricultura, como representante do Pará.

De acordo com Armando Soares, o Brasil ainda importa três quartos da sua necessidade de consumo. O país permanece, assim, na dependência dos países asiáticos, especialmente Tailândia, Indonésia, Malásia e Índia, os maiores produtores mundiais.

Essa dependência é mais estranha, conforme frisou o economista, quando se leva em conta o fatode ser a Amazônia o berço da seringueira e de continuar o Brasil abastecendo com material genético o resto do mundo para renovação dos plantéis. “Ou seja, continuamos a ser saqueados com o consentimento do governo”, acrescentou. Para Armando Soares, tudo o que se produzir ou se plantar no Pará será pouco para alcançarmos a autossuficiência, incluindo aí a reativação de seringais nativos com outro modelo de produção que não o extrativista.


Fonte: diarioonline.com.br



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/01/2021 às 13:51

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1720 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey