Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


15/05/2012

Artigo aborda a dinâmica de uso agrícola utilizando gvSIG

Composição colorida IVDN multitemporal (B - IVDN1; G - IVDN2; R - IVDN3) do município de Derrubadas (RS)

Este trabalho apresenta uma metodologia para análise da dinâmica de uso agrícola das terras, especialmente a rotação das lavouras de inverno, como as culturas de trigo (Triticum aestivum L.), aveia (Avena sativa L.) e azevém (Lolium perenne L.) e lavouras de verão, como soja (Glycine max L.) e milho (Zea mays L.). A área de estudo compreende o município de Derrubadas, localizado na região fisiográfica do Alto Uruguai no Rio Grande do Sul.

A interpretação da dinâmica das lavouras de inverno e verão foi realizada utilizando uma composição colorida multitemporal do Índice de Vegetação de Diferença Normalizada (IVDN), com todo pré-processamento e processamento realizados no software livre gvSIG 1.9.

As imagens do sistema Landsat 5 TM obtidas para as datas de 20/08/2010, 08/11/2010 e 27/01/2011, correspondentes a diferentes fases de desenvolvimento das lavouras de soja e milho, e parte do ciclo das lavouras de inverno, possibilitaram gerar uma grade interpretativa da dinâmica de sucessão agrícola das áreas com base nas tonalidades da imagem colorida.

As imagens foram registradas ao sistema cartográfico UTM 22S – WGS 84 e então geradas as imagens do IVDN. Com os índices de vegetação processados, foi elaborada uma composição colorida multitemporal, associando cada imagem do IVDN nas três datas a cada uma das três cores primárias. Este método permitiu diferenciar visualmente as áreas ocupadas pelas lavouras de inverno (trigo e pastagens de inverno), soja e milho, permitindo observar a dinâmica de sucessão na ocupação das áreas agrícolas e contribuindo para qualificar a estimativa de áreas plantadas com as culturas de milho e soja para o município de Derrubadas, RS.

Este artigo publicado recentemente está disponível no Portal MundoGEO, como conteúdo complementar da revista InfoGEO 65. Leia o artigo na íntegra.


Fonte: mundogeo



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

09/12/2019 às 18:53

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1873 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey