Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


09/04/2012

Até 2020, Mato Grosso do Sul pode ter 25 milhões de seringueiras plantadas

Os números foram apresentados durante palestra do ciclo Mais Floresta

Totalizando 50 mil hectares plantados, Mato Grosso do Sul pode ter 25 milhões de até 2020. O impacto desse número na economia chegará ao valor de R$ 1,2 bilhão no Produtor Interno Bruto (PIB) do Estado.

As informações são de Getúlio Ferreira e foram apresentadas durante o Mais Floresta, ciclo de palestras do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Dos 50 mil hectares previstos para produção no Mato Grosso do Sul, serão gerados R$ 490 milhões com a venda de coágulos, gerando R$ 637 milhões para o setor agroindustrial, com a venda de borracha do tipo Granulado Escuro Brasileiro (GEB).

Só uma empresa paulista já plantou, até agosto de 2010, três mil hectares no Mato Grosso do Sul, pretende usar até 2020 30 mil hectares.

Três Lagoas Florestal – entre os dias 10 e 13 de abril, o Senar participa da Feira da Cadeia Produtiva na Indústria de Base Florestal Sustentável da Região de Três Lagoas, onde serão debatidos temas como mercado, gestão e dados econômicos do setor.

A previsão é que entre profissionais do setor e produtores rurais, 10 mil pessoas participem da Feira.


Fonte: campograndenews.com.br



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Renata. disse:

09/04/2012 às 13:54

Tomara que dê certo, o Brasil precisa ampliar sua área de produção e também o beneficiamento da borracha. O mercado é garantido!

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1325 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey