Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


05/03/2012

Lucratividade da Agricultura: Análise do Dr. Eliseu Alves, ex-presidente da Embrapa.

Eliseu Alves, Geraldo da Silva e Souza e Daniela de Paula Rocha falam neste artigo sobre a Lucratividade da agricultura

Eliseu Alves
O artigo considera a concentração do valor da produção e a renda líquida. Procura mostrar que a 
concentração da produção, os dados mostram ser ela muito alta, está fortemente ligada à modernização da 
agricultura. Daí decorre que o Brasil enfrenta problema grave de difusão de tecnologia, qual seja de fazer 
a tecnologia chegar a milhões de estabelecimentos que contribuíram muito pouco para a produção.
A lucratividade da agricultura é medida pela renda líquida do estabelecimento. Se igual ou maior 
que zero se classifica o estabelecimento como bem sucedido; caso contrário, mal sucedido. A comparação 
se faz entre o grupo bem sucedido e o outro, e nunca com uma situação ideal. Assim, o que um grupo faz 
o outro pode imitar. Da análise emergem as seguintes conclusões: como a pequena produção gastou muito 
menos por hectare, ela está sofrendo discriminação pelo mercado ou discriminação que depende da personalidade do agricultor; os produtores mal-sucedidos têm, por estabelecimento, maior área e maior patrimônio. Ou seja, fracassam na gestão dos recursos que comandam; e eles, ainda, obtêm produtividade 
por hectare e total dos fatores muito menores que as dos bem-sucedidos. Daí decorre que não sabem administrar a tecnologia, considerando-se as restrições e os preços relativos que vigoraram em 2006, ano a 
que se refere o Censo Agropecuário 2006. E não sabem administrá-la porque desconhecem seus parâmetros, erram nas previsões de preços, enfrentam restrições  intrínsecas e de mercado  instransponíveis e, 
ainda, não têm a disciplina necessária. Duas recomendações emergem para extensão rural: ensinar administração rural e ensinar aos agricultores monitorarem a aplicação da tecnologia.
O governo tem papel importante na eliminação das restrições de mercado: risco de preços e de 
clima, acesso ao crédito rural, sendo competitivo no mercado internacional, acesso à tecnologia moderna 
e infraestrutura de transporte, portos e aeroportos. Quanto às restrições intrínsecas, principalmente a aversão ao risco, cabe à extensão rural enfrentá-las. 

Para você ler este artigo na íntegra, basta clicar AQUI!


Fonte: Polo de Excelência em Florestas



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

27/11/2020 às 20:22

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3716 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey