Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/10/2011

Semana nacional de ciência & tecnologia movimenta Minas Gerais

Mais de 1300 atividades foram realizadas no estado, envolvendo 88 municípios e 130 instituições

Em Almenara, a Semana de C&T foi encerrada com um abraço simbólico ao Rio Jequitinhonha.

  A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), por meio doPrograma de Popularização da Ciência, mobilizou Minas Gerais para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2011,iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, que terminou neste domingo (23). Em todo o Estado, foram realizadas 1330 atividades em 88 municípios, envolvendo cerca de 130 instituições. 

Siga a ‘Sectes’ no Twitter e no Facebook

Dentro do tema Mudanças climáticas,  desastres naturais e prevenção de risco, equipes dos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) e dos Polos de Inovação da Sectes realizaram palestras, sessões de cinema comentado, concurso de redação, oficinas, minicursos, peças teatrais e outras atividades de divulgação científica que visavam a conscientizar a população sobre a poluição do meio ambiente e como ela gera mudanças climáticas. 


Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais, Narcio Rodrigues, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é uma ação de extrema importância na construção da cidadania. “Os estudantes de todas as regiões desenvolvem e apresentam experiências, estimulando as demais pessoas a participarem. A cobrança por uma água de qualidade, o que ocorreu  em alguns municípios, deixou clara essa força do exercício da cidadania no dia-a-dia da sociedade”, afirmou. 


Ações no Norte de Minas

Com o incentivo dos Polos de Inovação, o Norte de Minas e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri estiveram ativamente envolvidos na Semana Nacional de C&T 2011. Em Teófilo Otoni, a 3ª cidade com maior número de eventos cadastrados na Semana, as atividades envolveram cerca de 1500 universitários, alunos da rede pública e professores. Os participantes publicaram no Facebook, dentro do grupo Ciência e Tecnologia nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, diversos vídeos com atividades experimentais de física e química conduzidas durante a Semana. 


No município de Januária, 210 alunos da zona rural participaram de mostra de experimentos interativos do departamento de física do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG). Segundo a professora Amanda Batista, as atividades despertaram o interesse dos alunos, que puderam manusear diversos equipamentos e perceber, sentir e entender o que observavam somente em livros. 


Em Salinas, cerca de 60 estudantes visitaram a Copasa para conhecer como é o tratamento da água na cidade e coletaram amostras para análise do PH dos Rios Salinas, Caribas e Ribeirão. O projeto “Instituto de Portas Abertas” levou, aproximadamente, 300 alunos de escolas estaduais ao IFNMG (campus Salinas) para conhecer os diversos setores da instituição e esclarecer dúvidas. “Foi muito bom sair um pouco da aula teórica e ver realmente as coisas acontecendo. Tivemos contato direto com a ciência e com certeza aprendemos mais”, afirmou Daniel Rodrigues, aluno do 1ª ano do Ensino Médio. 


Além de promover debates sobre desenvolvimento sustentável, na cidade de Almenara, a Semana de C&T marcou o lançamento do Mulheres Mil, programa que promoverá a capacitação e inclusão social de mulheres da zona rural por meio da inovação nos setores em que atuam. O programa resulta de uma parceria entre a Sectes, a Secretaria de Educação, o IFNMG e o Conselho Municipal para o Desenvolvimento e Combate a Pobreza Rural e já têm cerca de 110 mulheres inscritas. 


Todas as ações dos Polos contaram com o apoio de universidades, cooperativas de ensino técnico, diretórios acadêmicos, do IFNMG e da Epamig, e receberam recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) e de parceiros regionais.


Participação ativa dos CVTs

A Superintendência de Inovação Social (SIS) da Sectes, por meio dos CVTs, distribuiu cerca de 1000 kits para a medição da qualidade da água para todos os centros. Os kits fazem parte de um conjunto de ações da Sociedade Brasileira de Química (SBQ), destinado à melhoria da educação e da pesquisa em química no país. Outra ação de destaque foi a transmissão de filmes e de quatro palestras por videoconferências, que resultaram de uma parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad). 

Em Itabira, após analisar a água do Poço da Água Santa - um dos principais pontos turísticos da cidade – e verificar que a água está imprópria para consumo, cerca de 100 estudantes liderados pelo CVT e a Origem Incubadora realizaram manifestação pelas ruas da cidade.  


Já em Monte Azul, o CVT se uniu aos acadêmicos do Curso de Tecnologia em Gestão Ambiental da UNOPAR – Virtual para conduzir trabalho de campo na Barragem de Abastecimento do município. Além de medir o PH da água, os participantes plantaram mudas em uma área assoreada de vegetação escassa. 

 


Fonte: www.tecnologia.mg.gov.br



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/10/2019 às 10:53

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1683 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey