Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Fruto do cerrado é fonte de renda para mulheres em assentamento de MS

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


21/10/2011

Fruto do cerrado é fonte de renda para mulheres em assentamento de MS

Para realizar o sonho de ter o próprio negócio e contribuir com a renda familiar, um grupo de mulheres do assentamento São Manoel, na zona Rural de Anastácio, a 150 quilômetros de Campo Grande (MS), se reúne para extrair o cumbaru, fruto de uma árvore típica do cerrado.

A planta pode passar dos 25 de altura. Nela, existe uma amêndoa que até pouco tempo tinha seu sabor e valor nutricional desconhecido pela maioria das pessoas. As mulheres do assentamento dizem ter sido criticadas quando decidiram beneficiar e comercializar o produto.

 
Com baldes, sacos e luvas para proteger as mãos elas percorrem a vegetação de cerrado da região. De agosto a outubro os frutos amadurecem e caem no solo, por ter uma casca dura, somente a arara consegue se alimentar da amêndoa. Por ser uma atividade de extrativismo sustentável, só 70% dos coquinhos são recolhidos, o restante fica no solo para gerar futuras plantas.
 
Depois de colhido, o cumbaru vai para a betoneira para retirada de parte da casca, depois vai para esta esteira onde passa cinco dias secando ao sol, dai os coquinhos vão para as quebradeiras, uma prensa manual, e por fim passa pela peneira que separa as amêndoas.
 
Ainda não existe um estudo para saber as propriedades medicinais da amêndoa do cerrado. Mesmo assim essas mulheres garantem que o cumbaru pode ajudar no tratamento de algumas doenças.
 
“Coluna, para diabetes, para gripe”, disse a assentada Mirian Freitas da Silva. Segundo ela, muitos dizem também que o cumbaru tem propriedades afrodisíacas.
 
Por enquanto as mulheres do grupo ainda não conseguem uma manter uma renda fixa da atividade, mesmo assim não falta esperança e criatividade para imaginar um futuro promissor com a exploração comercial do cumbaru.
 
“A gente ta tentando abranger esse grupo né, a partir de dezembro vai ter a feira da economia solidária, a gente vai pegar esses produtos e levar para a feira pra ta divulgando porque o cumbaru não é tão divulgado na nossa região”, disse Miriam.


Fonte: G1



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/12/2018 às 00:24

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1570 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey