Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


30/06/2011

ES: Fibria vai diminuir consumo de energia em 60%

Inaugurada nessa segunda-feira (27), a nova linha de branqueamento da celulose também vai reduzir o consumo de produtos químicos em 50%

Foto: Google

Depois de adiar o investimento por conta da crise financeira global de 2008, que atingiu em cheio as empresas exportadoras de commodities, a Fibria inaugurou nessa segunda-feira (27) a nova linha de branqueamento de celulose da fábrica A, em Barra do Riacho, município de Aracruz. O projeto de modernização custou R$ 110 milhões e a unidade fabril agora conta com uma linha de branqueamento que tem os mais modernos equipamentos em operação no mundo.

Na modernização da linha de branqueamento, a empresa trocou dez equipamentos antigos por três modernos. O resultado disso é a redução de 60% no consumo de energia, 50% do consumo de produtos químicos como dióxido de cloro e soda, além da redução de 50% na vazão de efluentes e impactos ambientais.

A fábrica A foi inaugurada em 1978. As outras duas inauguradas em 1992 e em 2000 já começaram a operar com equipamentos mais modernos e por enquanto não é cogitada a necessidade de substituição da linha de branquamento.

O branqueamento é uma das etapas do processo de produção da celulose, que consiste em tornar a fibra clara e livre de impurezas. Segundo o gerente industrial, Paulo Silveira, a celulose precisa ficar cerca de dez horas envolvida nos produtos químicos para alcançar o ponto ideal de branqueamento exigido pelo mercado consumidor.


Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/07/2019 às 10:06

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1645 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey