Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


31/05/2011

Novo verniz livra móveis de riscos

Mantém os móveis em perfeito estado, inclusive aqueles que sofrem atrito intenso e desgaste produzido pelo movimento constante de objetos em sua superfície, independente de serem de lâmina de madeira natural ou de madeira maciça.

Foto: Google

Parece mágica, mas é tecnologia 100% nacional desenvolvida pela Montana Química. Acabamento de fino trato, porém com resistência superior, é o que proporciona o novo Verniz PU Antirrisco Bicomponente.Mantém os móveis em perfeito estado, inclusive aqueles que sofrem atrito intenso e desgaste produzido pelo movimento constante de objetos em sua superfície, independente de serem de lâmina de madeira natural ou de madeira maciça.

Tampos de mesa, balcões e mobiliário corporativo ganham resistência incomparável, mantendo as condições originais do acabamento mesmo depois de passar por um teste rigoroso com aplicação de esponja de aço. “É fácil perceber a diferença entre uma peça de madeira com verniz tradicional, que ficou toda arranhada, e outra feita com o novo produto, absolutamente inalterada”, comenta Vilnei Schreiber, químico da Montana.

Ensaios de desempenho do Verniz PU Antirrisco revelaram sua maior resistência à abrasão, em comparação com os vernizes PU tradicionais disponíveis no mercado.

O novo Verniz LGA 353 PU Antirrisco da Montana tem brilho 30, toque acetinado e requer catalisador PU da série LNB, que atende aos padrões internacionais de segurança, com baixos teores de isocianato (TDI) livre. Em aplicação a pistola, apresenta excelente padrão de alastramento e de transparência. Disponível em balde metálico com 18L. “O verniz antirrisco é muito superior aos demais produtos.

O acabamento dura mais com menos manutenção”, afirma o químico. Por isso, é recomendado para uma ampla faixa dos móveis corporativos – como mesas, escrivaninhas, prateleiras, balcões e cadeiras – submetidos com frequência a condições de uso agressivas em ambientes como o de lojas, restaurantes, escritórios, hotéis, clínicas, academias e até mesmo nas residências. “Todos ganham com móveis que têm qualidade e duram mais”, avalia Vilnei.
 


Fonte: Revista Fator citado por Portal Moveleiro



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (3)


LAERCIO DE OLIVEIRA disse:

15/06/2011 às 08:38

Quero adquirir este verniz para complementar meus moveis.

LAERCIO DE OLIVEIRA disse:

15/06/2011 às 08:38

Quero adquirir este verniz para complementar meus moveis.

Moacyr Bogado disse:

12/06/2011 às 18:17

Há previssão de lançamento em embalagem menor?

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3401 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey