Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


31/05/2011

Tecnologia ecológica: Pneus usados viram cisternas, silos e filtros

Começa a ser difundida no interior do RS uma forma barata e ecologicamente correta de se montar caixas d´água, silos secadores e armazenadores de grãos e filtros lentos de água.

Começa a ser difundida no interior do Rio Grande do Sul uma forma barata e ecologicamente correta de se montar caixas d´água, silos secadores e armazenadores de grãos e filtros lentos de água, a partir do aproveitamento de pneus de tratores agrícolas e caminhões. Desenvolvida pela Emater/RS-Ascar de Teutônia, a tecnologia evita também a proliferação do mosquito da dengue, já que os pneus são ambientes propícios para depósito das larvas do Aedes aegypti. Os protótipos foram apresentados ao público entre 26 e e 29 de maio de 2011, durante a Festa de Maio, que comemora o aniversário de 30 anos de Teutônia.

A extensionista da Emater/RS-Ascar do município, Cláudia Paraíba, inspirou-se no projeto de uma universidade e centro ecológico paulistas, que empregaram pneus velhos na montagem de caixas dágua. Com apoio do assistente técnico estadual em armazenagem, Ricardo Martins, a ideia foi ampliada para abranger a construção de silos secadores e armazenadores de grãos e filtros lentos de água, a partir de pneus descartados pelas propriedades e indústrias do segmento.

Para Cláudia, o trabalho surge em um momento oportuno, já que vai ao encontro dos anseios e necessidades da família rural. "Há a demanda de encontrarmos tecnologias alternativas de construção, sustentáveis e de baixo custo, que não agridam o meio ambiente", ressalta Cláudia.

Os técnicos asseguram que os resultados obtidos se igualam aos dos tradicionais silos secadores, cisternas e filtros lentos usados, com a vantagem de serem mais baratos – eles dispensam a contratação de mão-de-obra, já que podem ser construídos pelo próprio agricultor, e empregam materiais antes descartados.

Com quatro pneus traseiros de tratores, por exemplo, é possível construir um silo secador capaz de armazenar 40 sacas de milho, o equivalente a 2.400 quilos. "A única diferença é que, ao invés de usarmos madeira ou alvenaria, empregamos os pneus usados, retirando-os do ambiente e dando-lhes uma destinação. A qualidade do grão seguirá a mesma", enfatiza Martins.

No caso da cisterna, os técnicos indicam o emprego de seis pneus radiais de caminhão. A água da chuva, captada de telhados de salas de ordenha, aviários e pocilgas, bem como das moradias, através de calhas, condutores verticais e horizontais, será armazenada na cisterna. Ela pode ser usada, por exemplo, na irrigação de culturas e jardins, lavagem de salas de ordenhas, de pisos externos e calçadas e na dessedentação dos animais.

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE A TECNOLOGIA

Aqueles que não puderem conhecer o projeto na prática durante a Feira de Maio, em Teutônia, podem obter mais informações entrando em contato com o escritório da Emater/RS-Ascar local, por meio do telefone (51) 3762-1313.


Fonte: CNA citado por Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (5)


valdinei de souza janoski disse:

28/09/2015 às 23:31

ola estou fazendo um projeto para capita??o da ?gua da chuva,me interessei nesse filtro de pneus gostaria que por gentileza me falasse mais sobre esse projeto.
obrigado...

cristiane disse:

16/09/2011 às 17:41

excelente ideia já que estes pneus só nos causa danos..ç

alfani alves disse:

14/06/2011 às 21:33

Acheil a idea excelente e oportuna, possuo uma peqiena propriedade e tenho dificuldads no armazenamento de milho, diante disto solicito maiores informacoes de como constriir, se possivel. Parabens pela materia creio que ira ajudar mtos pequenos produtores.

Sebastião de Oliveira Freire disse:

12/06/2011 às 22:09

Perezados senhores,
Gostaria de receber maiores informações sobre estes projetos com pneus usados.
Aproveito ainda para saber como usa-los para ajudar a deter erosões.
Muito obrigado e parabéns pelos porojetos.
Atenciosamente.
Sebastião de Oliveira Freire
Pequeno proprietário agrícola em São João da Lagoa - MG
CEP: 39400-080 - Rua Bocaiuva, 1078 - Centro - Montes Claros MG
39) 3221-4622 / 9969-8324

João Rafael disse:

08/06/2011 às 19:47

Os pneus traseiros de tratores servem também como um ótimo cocho para tratamento de gado, já que seu material é resistente e não machuca. Dependendo de seu tamanho, você pode colocar até dez cabeças por cocho (médio porte).

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


7570 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey