Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


11/04/2011

Processo de produção e consumo de palmito foi tema de palestra em São Paulo

O palmito é presença garantida na mesa dos brasileiros, porém seu consumo tem que ser garantia de saúde e bem-estar. Para isso, o processo de produção precisa seguir normas que assegurem a qualidade do produto.

Como a produção ilegal ainda é uma realidade no país e pode gerar riscos, Khalil Yepes Hojeije, especialista na cadeia produtiva do palmito, fará duas palestras na universidade Anhembi Morumbi para desmistificar todo o processo de produção e consumo. 

Os eventos aconteceram nos dias 7 e 8 de abril, nos campi da Vila Olímpia (Rua Casa do Ator, 90) e do Centro (Rua Libero Badaró, 487 / 501), respectivamente.

Para Khalil, atuar junto a universidades e cursos do setor ajuda a formar profissionais que saibam lidar com o alimento. Com 15 anos de vivência na cadeia produtiva como diretor da Floresta Indústria e Comércio, conhecida como Palmito Floresta, uma das maiores fabricantes brasileiras do setor, ele é especialista em gestão da qualidade em alimentos e técnico em industrialização do palmito em conserva.

As palestras abordarão temas relevantes como produção sustentável, com respeito ao meio ambiente, riscos à saúde relacionados ao consumo ilegal, reconhecimento do produto por seu sabor e qualidade nutritiva, e até perspectivas de negócios do setor.

O especialista destaca que é preciso ficar alerta, uma vez que o segmento é abastecido com 80% de palmito clandestino e predatório no que se refere ao equilíbrio ambiental e ao risco à saúde pública.

Tal preocupação com os consumidores e com o meio ambiente fez com que Khalil criasse o Instituto Palmito Seguro e também um selo de qualidade que já é usado por grandes empresas como Carrefour e Makro.

Todo esse cuidado não é à toa. O Brasil é, atualmente, responsável por aproximadamente 95% da produção mundial de palmito. O produto é considerado uma das principais commodities do agronegócio nacional, gerando R$ 1,5 bilhões por ano.

O país é também o maior consumidor de palmito do mundo. Somente o estado de São Paulo consome cerca de 42% do total. De acordo com Khalil, o desafio é conquistar a confiança do consumidor através de boas práticas de plantio e industrialização, desmistificando todo o preconceito que existe em torno do produto.

Currículo


Khalil Yepes Hojeije é consultor especialista em qualidade na cadeia produtiva do palmito, técnico em industrialização do palmito em conserva e Auditor Líder em auditoria de segunda parte. Há 5 anos, como consultor independente, dedica-se à pesquisa da melhoria da qualidade e desenvolvimento sustentável do palmito.

Ele ministra cursos de capacitação profissional na área da segurança de alimentos e participa de conferências em programas de canais de rádio e televisão. Dedica-se também a projetos acadêmicos de renomadas universidades, além de publicar artigos e matérias em revistas especializadas nas seguintes áreas: industrial, varejo, food service, ciência e tecnologia de alimentos. É fundador presidente do Instituto Palmito Seguro e diretor da empresa Floresta, que há quatro décadas produz palmito de qualidade percebida e atestada.


Fonte: Ascom



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/09/2020 às 07:27

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


4274 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey