Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


28/03/2011

Resíduo de guaraná é transformado em papel

O guaraná, planta nativa da Amazônia, pode ter seus resíduos transformados em papel a partir da casca e do casquilho do fruto. Idealizada pela empresária Maria Salete Rocha, a empresa Refiam (Reciclagem de Fibras da Amazônia), o projeto tem no guaraná sua fonte de matéria-prima.

A escolha de se trabalhar com o fruto se deu pela percepção da possibilidade de reaproveitamento e apelo ambiental do guaraná. Segundo a empresária 100% dos resíduos do guaraná são utilizados no processo (casca e casquilho), e  deixaram de ser entulhados no meio ambiente e jogados nos rios por não possuírem uma destinação certa.

Atualmente, de acordo com Salete Rocha, a captação de resíduos é feita por meio da empresa Agrorisa Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios Naturais, que tem nas comunidades ribeirinhas e associações indígenas do município de Maués (a 260 quilômetros de Manaus), a principal fonte de matéria-prima.

“Assim como a maioria, não comecei com uma visão ambiental. Estive algum tempo inserida no corre-corre comum do sistema capitalista, até que um dia abracei a causa ecológica e decidi que poderia adentrar no mercado de reciclagem para contribuir com a limpeza do planeta”, ressaltou.

Participante do Programa Amazonas de Apoio à Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação em Micro e Pequenas Empresas na Modalidade Subvenção Econômica (Pappe Subvenção), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), a Refiam começou a funcionar de forma artesanal na casa da fundadora, até ser incubada no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (Cide) e, mais tarde, adentrar o Distrito Industrial da Micro e Pequena Empresa (Dimpe).

 

Reciclagem

Há 15 anos atuando no mercado da reciclagem de papel, a nordestina Maria Salete desembarcou em Manaus no ano de 2004 trazendo as ferramentas de seu trabalho em quatro caixas de papelão.

Hoje, ela reconhece que o contato com a Amazônia despertou a sua sensibilidade para as causas ambientais e modificou os rumos da empresa, fundada em 2007, no bairro Petrópolis, zona sul da capital.

Entre os objetivos da empresa, apresentados ao Pappe Subvenção, estão a geração de um novo tipo de papel reciclado e outros produtos ecologicamente corretos, aumentando o portfólio da Refiam.

São kits para treinamentos, eventos corporativos, embalagens e caixas utilizando papel reciclado do guaraná e seu pigmento.

Com a entrada no Programa e o fomento de R$ 106,2 mil, a empresária pretende divulgar o produto nacionalmente e aumentar o faturamento. “No momento, a produção de papel está sendo realizada para a verificação da pesquisa”, disse.


Fonte: acritica.com



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

07/07/2020 às 02:26

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


4042 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey