Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


17/02/2011

Fibria quer vender fábrica de Piracicaba para reduzir dívida

A Fibria planeja vender a fábrica de Piracicaba (SP), que produz papéis especiais.

A Fibria, fabricante de celulose resultante da fusão entre Votorantim Celulose e Papel (VCP) e Aracruz, planeja vender a fábrica de Piracicaba (SP), que produz papéis especiais. A planta industrial recebeu um investimento de R$ 115 milhões a partir de 2007, quando a introdução de um novo equipamento para o revestimento do papel térmico triplicou a capacidade de produção para 40 mil toneladas por ano. A tecnologia foi repassada pela Oji Paper, do Japão. A fábrica, única do gênero na América Latina, é avaliada em R$ 300 milhões a R$ 400 milhões, segundo analistas ouvidos pelo iG.

Mas, segundo o presidente da companhia, Carlos Aguiar, o processo está sendo conduzido “com calma”. “É um ativo muito bom e estamos analisando com cuidado. Não temos pressa em vender”, disse o executivo.

Os recursos obtidos com a venda da unidade de Piracicaba, que produz papel térmico e tíquetes emitidos pelas maquininhas de cartões de crédito, devem ser destinados à redução do endividamento da empresa, que tem sido o principal foco dos gestores no último ano. No fim do ano, a Fibria vendeu sua participação na Conpacel, a antiga Ripasa, por R$ 1,5 bilhão para a Suzano Papel Celulose, negócio que foi concluído em janeiro.

Com a venda da Conpacel e, no futuro, da unidade de Piracicaba, a companhia deve conseguir uma diminuição significativa em sua dívida, mas os gestores preferem não fazer estimativas sobre esses efeitos em 2011.


Fonte: iG São Paulo/Adaptado por Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

10/12/2019 às 02:17

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3842 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey