Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


07/01/2011

Chanceleres da Argentina e Uruguai discutem instalação de fábrica de pasta de celulose na fronteira

Os chanceleres da Argentina, Héctor Timerman, e do Uruguai, Luis Almagro, se reúnem hoje em Buenos Aires para discutir a futura instalação de uma fábrica de pasta de celulose em Conchillas.

Os chanceleres da Argentina, Héctor Timerman, e do Uruguai, Luis Almagro, se reúnem hoje em Buenos Aires para discutir a futura instalação de uma fábrica de pasta de celulose em Conchillas, na foz do Rio Uruguai, divisa natural entre os dois países. A reunião não tem o objetivo de "pedir a autorização à Argentina", mas de "informar, no marco de um intercâmbio amigável", apontou Almagro ao jornal Ultimas Noticias, de Montevidéu.

Os chanceleres pretendem "dialogar e ver se é o mesmo projeto autorizado em 2006", e caso seja, "não deveria haver nenhum problema", adiantou o diplomata uruguaio. "Não é uma fábrica de pasta de celulose nova, este projeto foi aprovado em 2006 por ambos os países. A Argentina já deu autorização para sua construção", esclareceu Timerman.

O diplomata argentino disse que o presidente do Uruguai, José Mujica, conversou com ele sobre a instalação da indústria e que, por este motivo, decidiram marcar a reunião entre os chanceleres. De acordo com a Chancelaria de Buenos Aires, Almagro estará acompanhado do ministro uruguaio de Indústria, Energia e Mineração, Roberto Kreimerman.

A instalação de outra fábrica do mesmo tipo no Uruguai, também próximo ao rio que faz divisa com a Argentina, causou um dos maiores desentendimentos diplomáticos entre as duas nações. A indústria UPM (ex-Bótnia), de capital finlandês, teve sua construção autorizada pelo ex-presidente uruguaio Tabaré Vázquez. As autoridades argentinas reagiram e levaram o caso para a Corte Internacional de Justiça, sediada em Haia, alegando que a instalação da fábrica violava o Tratado do Rio Uruguai. Em abril de 2010, o tribunal atestou que a empresa não poluía o rio e orientou Buenos Aires e Montevidéu a formarem uma comissão de técnicos para realizarem o monitoramento ambiental da região.


Fonte: ANSA – Adaptado por Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

24/04/2019 às 03:59

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1954 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey