Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


09/12/2010

Greve dos portuários pode afetar Portocel

Os portuários do Terminal Especializado de Barra do Riacho (Portocel), insatisfeitos com a decisão do terminal portuário de terceirizar os trabalhos do porto, estão paralisados desde as sete horas da manhã de terça-feira (07).

Os portuários do Terminal Especializado de Barra do Riacho (Portocel), insatisfeitos com a decisão do terminal portuário de terceirizar os trabalhos do porto, estão paralisados desde as sete horas da manhã desta terça-feira (07), até que suas reivindicações sejam atendidas. Durante a manhã, houve uma audiência conciliatória na Junta de Aracruz, sem sucesso.

Segundo o presidente do Sindicato Unificado da Orla Portuária (Suport-ES), Roberto Hernandes, desde o dia 12 de novembro eles vêm tentando entrar em contato com a Portocel, mas a administração não retornou o contato. Dia 29 eles acionaram a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE/ES) para que houvesse uma reunião entre as partes, marcada para esta segunda-feira, na qual não houve um acordo.

Houve uma denuncia de que os protestantes estavam impedindo a passagem de pessoas pelo terminal, mas, de acordo com o Suport-ES, um oficial de justiça foi conferir a denuncia e constatou que o movimento está sendo pacífico.

De acordo com nota no site do sindicato, os serviços operacionais no local devem ser executados por portuários registrados ou cadastrados no Órgão Gestor de Mão de Obra Avulsa (Ogmo) ou pelos empregados do porto. Os empregados terceirizados também ficam prejudicados com a medida adotada pela administração do porto, uma vez que eles trabalham em turnos maiores, de 12 horas, recebem salários bem menores e não têm as conquistas dos benefícios sociais que os empregados do terminal e os avulsos têm.

Aos 25 anos, desde a inauguração, o Terminal Especializado de Barra do Riacho conta atualmente com três berços e tem capacidade para movimentar 7,5 milhões de toneladas de celulose por ano. Existem projetos de ampliação do terminal e, até mesmo da construção do Portocel 2.


Fonte: Eshoje/Adaptado por Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Manuel César Cruz Ramos disse:

12/11/2011 às 17:40

Não concordo com a greve dos portoários porque já fiz alguns trabalhos para a "portucel" e "Giesta Viva" .
E a vida custa estou disponível para selecções de eucaliptos, com firma ou sem firma (trabalhador indiferenciado) faço trabalhos florestais nas florestas, cortador de arvores e jardineiro.
Mais informações: 933520335


Manuel César Cruz Ramos Coruche 12-11-2011


Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3969 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey