Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


16/11/2010

Tri-campeã: Masisa é modelo em sustentabilidade pelo 3º ano consecutivo

Na última quarta-feira, 10 de novembro, a Masisa Brasil foi apontada como uma das 20 empresas-modelo em sustentabilidade no País.

 É o terceiro ano consecutivo em que a Masisa figura entre as empresas eleitas pelo Guia Exame de Sustentabilidade a partir de uma pesquisa realizada anualmente pela revista, da Editora Abril, abordando aspectos de governança corporativa e desempenho econômico, ambiental e social. Em sua 11ª edição, o Guia este ano recebeu 200 inscrições, que resultaram na avaliação de 143 empresas brasileiras.

 Jorge Hillmann, diretor geral da Masisa Brasil, comemora o fato de a empresa ter sido selecionada mais uma vez como exemplo em sustentabilidade. “É um reconhecimento muito significativo da maturidade que nosso sistema de gestão já alcançou e das diretrizes que reforçam nosso posicionamento como uma marca que inspira confiança”, afirma. A Masisa opera com base no Triplo Resultado, uma visão de longo prazo que avalia o impacto econômico, social e ambiental de cada decisão de negócios, tanto internamente quanto em relação aos demais públicos interessados. 

 Este ano, entre os diversos fatores que contribuíram para a escolha da Masisa, a participação dos colaboradores nos bons resultados na gestão da fábrica de MDF da Masisa, em Ponta Grossa, foi destaque. Além do esforço para alcançar as metas socioambientais que compõem o PPR (Programa de Participação nos Resultados) da Masisa, os colaboradores vêm ajudando a companhia a colher frutos também através da formação de grupos de melhoria que trabalham voltados à otimização e a busca por agregar mais sustentabilidade ao processo produtivo.

 Em 2009, o trabalho dos seis grupos de melhoria que reuniram 40 colaboradores da fábrica de MDF da Masisa Brasil, em Ponta Grossa (PR), garantiu a redução no uso de insumos bastante significativos, como resinas – uma das principais matérias-primas na fabricação do painel --, água e energia elétrica. Esse esforço resultou em uma economia da ordem de 2,7 milhões de dólares – 1,7 milhão dos quais resultantes da implementação de planos de ação diretamente relacionados à ecoeficiência, permitindo à empresa produzir mais a partir de uma menor quantidade de insumos e, consequentemente, gerando ganhos ambientais.

“O projeto, que está alinhado às diretrizes adotadas pela Masisa, em relação ao Triplo Resultado, traz muitos resultados. ”, explica Jorge Hillmann, diretor geral da Masisa Brasil. “Esse esforço mostra que, além de ser uma meta e uma característica que distingue as operações da Masisa, a busca pela ecoeficiência também faz realmente parte do dia a dia de nossos colaboradores”. 

 Entre os ganhos alcançados com esse esforço estão a redução de 25% no consumo específico de água da fábrica da empresa em Ponta Grossa, em comparação com o ano anterior, e a redução de 4,7% no consumo específico de energia elétrica da linha de produção de MDF, no mesmo período – gerada a partir de planos de ação que vão desde, em parceria com empresas fornecedoras, o desenvolvimento de maquinário com maior  eficiência energética,  incluindo ainda o desenvolvimento, por um técnico da área elétrica da fábrica, de um software para promover o desligamento automático de motores elétricos da linha de produção em equipamentos usados de forma intermitente.

 Em paralelo ao trabalho dos grupos de melhorias, a Masisa continua investindo em tornar seu processo cada vez mais sustentável. Em maio de 2011, deve entrar em operação na fábrica de MDF da empresa uma nova planta de energia térmica. Resultado do investimento de 3,6 milhões de dólares, a planta permitirá um uso ainda mais amplo da queima de biomassa – fonte de energia renovável que hoje já responde por quase 50% da matriz energética da empresa.

“Quando entrar em operação, a nova planta térmica garantirá uma redução significativa de nosso uso total de gás natural, permitindo à Masisa reduzir em 66% sua emissão de ton equivalente de CO2 na atmosfera”, complementa Hillmann. “Além disso, 63% da biomassa utilizada para a geração de energia será obtida internamente, com o reaproveitamento das cascas das toras de madeira usadas como matéria-prima”, finaliza.

 Mais confiança

A busca pelo Triplo Resultado, diretriz adotada pela Masisa, reflete-se também nos produtos da marca. Exemplos claros estão, entre outros,  no pioneirismo na fabricação de painéis E-1, com baixa emissão de formaldeído, e no lançamento da melamina antimicrobiana – que incorpora ao painel a tecnologia à base de íons de prata, capaz de reduzir em até 99,9% a presença de microorganismos na superfície do produto ao longo de toda a sua vida útil.


Fonte: Contexto Comunicação



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

27/09/2020 às 13:38

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2970 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey