Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


11/11/2010

Conab vai subsidiar extrativismo de 11 produtos no Amazonas

rgão fixou o preço de produtos do Estado abaixo do valor estabelecido para o Nordeste do País.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) subsidiará a comercialização de 11 produtos de origem extrativista, entre eles o açaí, babaçu, castanha do Brasil e piaçaba. A medida, que beneficia produtos do Amazonas, foi oficializada na publicação no Diário Oficial da União (DOU).

Para o Amazonas, o órgão fixou o preço de alguns produtos abaixo do valor estabelecido para o Nordeste do País. Ao todo, serão R$ 24 milhões usados na complementação da renda dos extrativistas que não conseguiram obter os preços mínimos na venda dos produtos. Diferentemente da política de preços mínimos para a agricultura tradicional, que envolve leilões públicos de compra de produção e outros mecanismos burocráticos, no caso dos extrativistas o governo paga diretamente a diferença entre o preço de comercialização e o preço mínimo.

Os preços mínimos por quilo estabelecidos pelo Conab são de R$ 0,69 para o açaí e R$ 1,46 para o babaçu nas regiões Norte e Nordeste e em Mato Grosso. A borracha extraída na Amazônia será comercializada a partir do piso de R$ 3,50 por quilo.

Para o hectolitro (cem litros) da castanha do Brasil na Região Norte e em Mato Grosso foi fixado o preço de R$ 52,40. O quilo do pequi será de R$ 0,21 no Norte e Nordeste e R$ 0,35 no Sudeste e Centro-Oeste. Já a piaçaba será comercializada por R$ 1,07 no Amazonas, enquanto na Bahia, o quilo do produto sairá por R$ 1,67.


Fonte: D24am



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


GEOVANNI GARCEZ disse:

16/11/2010 às 20:56

Os extrativistas sao maus remunerados ,abadonados descriminados,Sao eles que Vigiam de Graça as Propriedades dos Latifundiarios,Porque nao Tem um Metro de Terras Devolutas na Amazonia,Estas Familias deveriam Receber Seguros Defeso como Recebem os Pescadores,Eles e Que Geram Todos os Empregos Dos Tecnocratas nas Autarqias Desde os Ministerios ate os Mais Simples Tecnicos do Ibama,Mais Sao Tratados Como Marginas,Despresados ate Mesmo Da Educaçao.obrigado.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


4878 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey