Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


25/10/2010

Empresa de C&P quer montar fábrica em Moçambique

A brasileira Suzano quer produzir papel e celulose em Moçambique.

A brasileira Suzano quer produzir papel e celulose em Moçambique. Representantes da empresa estiveram no País no início do mês, visitando pontos onde o empreendimento poderá ser montado. "Nós sentimos que eles [Suzano] estão cada vez mais interessados em se estabelecer aqui", disse o diretor nacional da Indústria de Moçambique, Sidone dos Santos. A comitiva da empresa brasileira visitou áreas nas províncias da Zambézia, de Nampula e de Cabo Delgado, no Centro-Norte do país, que já estuda investimentos de infraestrutura na região, por causa de outros projetos em implantação. Um dos principais é o de exploração de minérios pela brasileira Vale e pela australiana Riversdale, na vizinha Província de Tete. A demanda é por melhores condições de transporte para escoar a produção pelos portos da Beira ou de Nacala.

A Suzano ainda não apresentou formalmente o projeto de investimento. As autoridades moçambicanas esperam que ele envolva toda a cadeia produtiva, do plantio do eucalipto até o processamento final do papel e da celulose. "Temos grande necessidade de uma fábrica dessas aqui, mas que venda para nós também. Gastamos demasiadamente com importação", disse Santos. Moçambique importa praticamente todo papel que consome, de embalagens a papel higiênico, papel de jornal, cartões e outros derivados da celulose.

Por haver a possibilidade de envolver a plantação de eucaliptos e pinus, matéria-prima da celulose, o projeto também precisará da aprovação do Ministério da Agricultura, que vai analisar o impacto ambiental da iniciativa.

Em matéria divulgada pela Agência Brasil, a Suzano preferiu não fazer comentários a respeito do projeto, o segundo envolvendo o setor de papel e celulose trazido para apreciação do governo moçambicano este ano. Em março, a portuguesa Portucel divulgou que pretende investir US$ 2,3 bilhões no país até 2025. A planta, ainda em processo de aprovação, irá servir ao mercado asiático e deve produzir 1 milhão de toneladas por ano.

A Suzano Papel e Celulose tem cinco fábricas, todas no Brasil, mas atua fortemente no exterior. No ano passado, a Ásia foi o principal destino de suas vendas, com 44,9% de participação. O segundo maior mercado foi o europeu, com 32,9%. Na sequência vêm América do Norte (6,7%) e América do Sul (0,9%).
As vendas para o mercado brasileiro absorveram 14,7% da produção da Suzano. A companhia produziu 1,6 milhão de toneladas em 2009, ano de recuperação da demanda por celulose no mercado internacional, sendo que 1,5 milhão foi vendida fora do Brasil. A empresa tem investimentos programados da ordem de US$ 6 bilhões para a construção de novas plantas no Maranhão e no Piauí.


Fonte: Agência Brasil. Adaptado por Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


Amelia Muchanga disse:

20/04/2011 às 11:35

E uma iniciativa boa, pois promovera a economia mocambicana e pela primeira vez teremos no pais uma empresa de producao de papel e celulose.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3098 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey