Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


17/09/2010

Eucalipto: fosfato dobra o plantio no Cerrado

Para melhor resultado, aplicação deve ser feita 40 dias antes do plantio e de forma localizada a uma dose de 400 a 500 quilos por hectare.

Os solos brasileiros em geral, principalmente os do Cerrado, são pobres em fósforo e precisam de uma boa dose de adubação fosfatada. No caso de plantios florestais, como o eucalipto, a aplicação de fosfato é fundamental e pode dobrar a produtividade das plantações, passando a produção de madeira de 150m³ para 300m³ na idade de corte. Durante o FertBio 2010, que acontece de 13 a 17 de agosto, na cidade de Guarapari, no Espírito Santo, o pesquisador Nairam de Barros, professor da Universidade Federal de Viçosa, vai falar sobre a eficiência agronômica dos fosfatos de rocha em plantios florestais.

Pela pobreza natural do nosso solo em fósforo, a experiência tem mostrado que só se consegue produtividades econômicas de florestas de eucalipto com aplicação de boa dose de fósforo. A aplicação de fosfato natural vem em complementação com uma outra fonte mais solúvel de fósforo com objetivo de dar o primeiro arranque de crescimento da planta. Depois dessa aplicação inicial de fosfato solúvel vem o uso de fosfatos naturais que têm uma reatividade mais baixa e liberam o fósforo para a planta por um período mais longo de tempo. Esta aplicação, em geral, vai de seis meses aos sete anos de idade da plantação — explica Barros.

O professor ensina que, depois de anos de estudo e prática, observou-se que o melhor é fazer a aplicação do fosfato de forma localizada, no fundo do suco e em período próximo à época de plantio. O ideal é que esta aplicação seja feita até 40 dias antes, porque os produtores que já aplicam o fosfato com seis meses de antecedência perdem a eficiência do fertilizante. É sempre mais adequado fazer a análise de solo para saber a real necessidade específica de cada área que será plantada, mas ele diz que, em geral, a dose recomendada varia entre 400 e 500 quilos de fósforo por hectare.


Fonte: Portal do Agronegócio



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

29/09/2020 às 01:03

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


5678 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey