Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


12/08/2010

Indústrias acreditam que preço da celulose vai estabilizar

O preço de referência da celulose, que esta em US$ 920 por tonelada, caiu para US$ 870 nos principais mercados.

O preço de referência da celulose, que esta em US$ 920 por tonelada, caiu para US$ 870 nos principais mercados. Mas, essa redução de US$ 50 por tonelada no preço-lista da celulose, implementado pelas principais produtoras mundiais, não vai significar o início de um ciclo de queda do preço do produto, segundo previsão das principais empresas do setor, como Suzano Papel e Celulose, Fibria e Cenibar.

A queda começou com a redução de preços da Commodity na América do Norte, foi seguido pela Arauco e pela brasileira Fibria. Ontem, foi a Suzano Papel e Celulose também informar a redução no preço de seu produto.

A surpresa por parte dos produtores decorreu do nível de estoques mundiais, que estão em 25 dias de consumo, um índice considerado baixo ante a média histórica de 33 dias deste mercado. Para efeito de comparação, a queda dos preços durante a crise ocorreu depois de a estocagem alcançar o equivalente a 60 dias de consumo.

De acordo com o presidente da Suzano, Antônio Maciel Neto, essa foi a primeira vez em quatro anos e meio em que está na empresa que viu os preços caírem ao mesmo tempo que os estoques recuam no mercado internacional.

Já o assessor da presidência da Cenibra, Jedaias Jorge Salum, acredita que os preços deverão manter-se nesse patamar até o fim do ano. Para ele, a recuperação se mostrou bem forte até o mês passado, tanto que os preços alcançaram US$ 850 por tonelada na China.

Essa expectativa de relativa estabilidade no preço da celulose de mercado é partilhada pela CNPC. Para o diretor comercial da companhia, Sérgio Killp, a perspectiva para os próximos meses, depois desse período de manutenção dos valores, é de alta. Para ele, a correção do preço de referência foi justa e o valor fixado deverá se manter por algum tempo. O diretor ainda acredita que daqui a alguns meses, o viés se torne de alta, pois há a perspectiva da retomada de compra de celulose por parte dos chineses..

Para a presidente da Associação Brasileira da Indústria de Celulose e Papel (Bracelpa), Elizabeth de Carvalhaes, não existe um cenário de volatilidade, mas um equilíbrio entre a oferta e demanda global de celulose. Em sua avaliação, o retorno das operações de importantes produtores do Chile normalizou a oferta do insumo, e, consequentemente, os preços começaram a se acomodar. Ao mesmo tempo, continuou ela, em nota, as vendas para Europa e Estados Unidos vêm registrando retomada em relação ao período pré-crise, e dessa forma a tendência é de que os preços se mantenham nos patamares atuais durante todo o ano.
 


Fonte: DCI - Adaptado por Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

26/01/2020 às 03:24

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1549 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey