Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


05/08/2010

Setor Gráfico Investiu US$ 1 Bilhão em Equipamentos

Após um período de crise, que mexeu com a produtividade das gráficas em todo o País, o setor gráfico está otimista com sua performance neste ano e espera crescimento na ordem de 8%.

 Após um período de crise, que mexeu com a produtividade das gráficas em todo o País, o setor gráfico está otimista com sua performance neste ano e espera crescimento na ordem de 8%. Segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf-SP), Fabio Arruda Mortara, que proferiu palestra em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, durante a  5ª Semana de Artes Gráficas, nesta quarta-feira (4),  o segmento é um dos principais responsáveis pelo crescimento do PIB brasileiro.

O executivo revelou que as exportações do setor gráfico avançaram em 23,8% no primeiro trimestre deste ano, em comparação a 2009, totalizando US$ 59,14 milhões. Mortara destacou também que a Abigraf representa um universo de aproximadamente 19 mil empresas, que geram cerca de 220 mil empregos diretos.  A região administrativa de Ribeirão Preto, que é formada por 25 municípios, é o quarto maior pólo gráfico do Estado de São Paulo, com 183 gráficas e cerca de 1.700 profissionais.

“Dentre as principais metas da Abigraf nacional inclui-se o incentivo às exportações; luta pela definição de tributos justos e coerentes; concorrência leal entre as empresas do setor; envolvimento em ações relacionadas à responsabilidade social e ambiental; além do apoio concreto à formação gerencial do empresário e do executivo gráfico nacional”, analisou Mortara.

Fabio Mortara revelou que a situação do Brasil no segmento é das mais confortáveis no mundo. O País é o maior produtor de celulose do planeta, atuando de maneira sustentável e só no ano passado foram investidos US$ 1 bilhão em equipamentos gráficos.

Apesar do crescimento apontado pelo palestrante há muitos desafios para o setor avançar ainda mais. No que se refere à indústria de comunicação impressa na nova década há pontos a serem repensados como a segmentação, a internet e também o custo. De acordo com o presidente da entidade, o papel ganhou sofisticação, a impressão digital democratizou seu uso em menor escala e pequenas tiragens, com agilidade e precisão. Não só pelas demandas de consumo de produtos, mas também pela ânsia da informação.

“O Brasil tem vantagem competitiva, setores de embalagem e editorial são as grandes apostas para a próxima década e é preciso lembrar que papel é reciclável e renovável”, concluiu Mortara.


Fonte: Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/07/2019 às 21:46

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1851 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey