Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


05/08/2010

Setor Gráfico Investiu US$ 1 Bilhão em Equipamentos

Após um período de crise, que mexeu com a produtividade das gráficas em todo o País, o setor gráfico está otimista com sua performance neste ano e espera crescimento na ordem de 8%.

 Após um período de crise, que mexeu com a produtividade das gráficas em todo o País, o setor gráfico está otimista com sua performance neste ano e espera crescimento na ordem de 8%. Segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf-SP), Fabio Arruda Mortara, que proferiu palestra em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, durante a  5ª Semana de Artes Gráficas, nesta quarta-feira (4),  o segmento é um dos principais responsáveis pelo crescimento do PIB brasileiro.

O executivo revelou que as exportações do setor gráfico avançaram em 23,8% no primeiro trimestre deste ano, em comparação a 2009, totalizando US$ 59,14 milhões. Mortara destacou também que a Abigraf representa um universo de aproximadamente 19 mil empresas, que geram cerca de 220 mil empregos diretos.  A região administrativa de Ribeirão Preto, que é formada por 25 municípios, é o quarto maior pólo gráfico do Estado de São Paulo, com 183 gráficas e cerca de 1.700 profissionais.

“Dentre as principais metas da Abigraf nacional inclui-se o incentivo às exportações; luta pela definição de tributos justos e coerentes; concorrência leal entre as empresas do setor; envolvimento em ações relacionadas à responsabilidade social e ambiental; além do apoio concreto à formação gerencial do empresário e do executivo gráfico nacional”, analisou Mortara.

Fabio Mortara revelou que a situação do Brasil no segmento é das mais confortáveis no mundo. O País é o maior produtor de celulose do planeta, atuando de maneira sustentável e só no ano passado foram investidos US$ 1 bilhão em equipamentos gráficos.

Apesar do crescimento apontado pelo palestrante há muitos desafios para o setor avançar ainda mais. No que se refere à indústria de comunicação impressa na nova década há pontos a serem repensados como a segmentação, a internet e também o custo. De acordo com o presidente da entidade, o papel ganhou sofisticação, a impressão digital democratizou seu uso em menor escala e pequenas tiragens, com agilidade e precisão. Não só pelas demandas de consumo de produtos, mas também pela ânsia da informação.

“O Brasil tem vantagem competitiva, setores de embalagem e editorial são as grandes apostas para a próxima década e é preciso lembrar que papel é reciclável e renovável”, concluiu Mortara.


Fonte: Celulose Online



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/04/2019 às 04:29

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1800 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey