Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


02/08/2010

Produtores de Palmito Unem-se Contra Ilegais

Os produtores de palmito de pupunha decidiram unir-se para reduzir a ilegalidade no setor -estima-se que ela represente 30% do mercado.

Apesar de o Brasil ser o maior consumidor mundial de palmito, com participação de 70% no total, ainda há restrições ao produto, diz Ricardo Araújo Ribeiral, vice-presidente da Abrapp (Associação Brasileira das Indústrias de Palmito de Pupunha).

 

"Precisamos quebrar a barreira de experiências negativas anteriores", afirma Ribeiral, que atribui os problemas à elevada informalidade do setor.

 

Nos anos 90, a extração de palmito em regiões degradadas foi proibida e abriu espaço para a profissionalização.

 

O resultado é o crescimento da participação do palmito cultivado no total, afirma o vice-presidente da Abrapp, que ainda não tem números que mostrem a expansão.

 

"O setor ainda está se organizando, há poucos dados oficiais", afirma Ribeiral.

 

Ainda assim, ele estima que o mercado nacional movimente R$ 450 milhões por ano, dominado pelo palmito da palmeira de açaí, que responde por 70% do total.

 

O palmito da palmeira de pupunha tem uma fatia de 25% e o restante é dividido entre o palmito juçara e o extraído da palmeira real.

 

Para mostrar ao consumidor como identificar um palmito de boa qualidade e promover o de pupunha, indústrias que representam 60% de todo o processamento dessa espécie criaram a Abrapp, há cerca de um mês.

 

"Podemos dobrar o mercado legal se quebrarmos as barreiras ao palmito de melhor qualidade", diz Ribeiral.

 

Devido à elevada dependência do clima tropical para se desenvolver, o palmito praticamente é produzido em larga escala somente no Brasil e no Equador.

 

E, apesar do elevado potencial para exportações, o setor decidiu focar no mercado interno. "O brasileiro adora palmito; o produto dispensa apresentação", diz.


Fonte: Folha de São Paulo citado por Agronline



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/07/2019 às 07:44

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2286 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey