Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


30/07/2010

Canadenses Reduzem Preço de Celulose; Brasileiras Podem Seguir

Na quinta-feira, a Canfor Pulp afirmou que reduziria em 30 dólares por tonelada os seus preços, para 990 dólares, citando a queda no consumo de celulose na China.

Na quinta-feira, a Canfor Pulp afirmou que reduziria em 30 dólares por tonelada os seus preços, para 990 dólares, citando a queda no consumo de celulose na China. O mesmo aconteceu com a West Fraser Timber, que afirmou que reduziria preços "no terceiro trimestre".

Procurada pela Reuters, a Suzano afirmou que não vai reduzir preços em 1o de agosto, enquanto a Fibria afirmou que não vai se pronunciar por estar em período de silêncio por conta da divulgação dos resultados trimestrais, em 13 de agosto.

Atualmente, os valores por toneladas para as duas empresas brasileiras está em 950 dólares para América do Norte, 920 dólares para a Europa e 850 dólares por tonelada para a China. Para as duas primeiras regiões foram seis aumentos consecutivos, enquanto para a Ásia foram cinco.

"Apesar da nossa visão estruturalmente altista no setor de celulose, estamos cautelosos sobre o setor nos próximos 12 meses", diz em relatório a analista do J.P. Morgan, Debbie Bobovnikova. De acordo com ela, o anúncio das produtoras canadenses deve marcar o início de uma correção nos preços.

"Entre os nomes brasileiros, preferimos Suzano a Fibria, como um nome mais defensivo."

Para o analista do setor de papel e celulose da Link Investimentos, Leonardo Alves, de fato a tendência para os preços da celulose é de recuo. "Mas, mesmo assim, os preços deverão continuar em patamares altos. A equação entre oferta e demanda deve continuar ainda boa para os produtores", afirma.

Alves observa ainda que os preços atuais foram influenciados pelos problemas na oferta no 1o trimestre. Entre eles está o terremoto que atingiu o Chile no final de fevereiro e levou muitas empresas a paralisarem temporariamente a produção do insumo.

Segundo o JP Morgan, a Arauco, unidade florestal do conglomerado industrial Copec, "oferece descontos de 30 a 50 dólares por tonelada".

Entretanto, o analista da Link afirma: "Não vejo os preços caindo para baixo de 800 dólares por tonelada... o que vai manter um ótimo preço para as produtoras brasileiras."

As ações da Fibria subiam 1,79 por cento, a 27,84 reais às 13h15 desta sexta-feira, enquanto a Suzano avançava 1,20 por cento, a 16,05 reais. O Ibovespa operava com leve oscilação negativa de 0,06 por cento no horário.

 


Fonte: Reuters citado por Portal Madeira Total



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/03/2019 às 17:25

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1515 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey