Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


01/06/2010

Empresas Apostam em Ações Para Beneficiar o Meio Ambiente

A palavra sustentabilidade está atrelada hoje a uma visão moderna, consciente e vitoriosa de grandes empresas. Esse conceito está embasado em ações muito mais profundas do que a boa saúde financeira de uma organização.

A palavra sustentabilidade está atrelada hoje a uma visão moderna, consciente e vitoriosa de grandes empresas. Esse conceito está embasado em ações muito mais profundas do que a boa saúde financeira de uma organização. A crise ambiental existe e possui uma dimensão imensa, que traz ao mundo incertezas e novos desafios relacionados à nossa própria sobrevivência.

Apesar de ser uma questão muito complexa, as empresas precisam incorporar esse conceito dentro do seu DNA, transformando as ações sustentáveis como parte de sua cultura organizacional, abrangendo missão, visão, valores e estratégia em todos os níveis hierárquicos.

Seguindo esse conceito, empresas do bem estão no mercado e garantem: o marketing ecológico além de beneficiar o mundo traz bons resultados para os negócios.

Segundo dados do Departamento de Meio Ambiente (DMA) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, 46% das corporações brasileiras só contratam fornecedores que seguem procedimentos de gestão ambiental.

A Monavie, empresa americana de forte atuação no Brasil, que produz uma bebida feita de frutas tipicamente brasileiras como açaí, romã, cupuaçu, entre outras, estabeleceu uma regra para a fabricação de seus produtos: todos seus fornecedores devem seguir rigorosamente as leis do meio ambiente e ainda ter total comprometimento com a sustentabilidade. “Essa é uma das prioridades da empresa, em respeito e admiração pelo Brasil, aliados ao comprometimento socioambiental com o país”, afirma Maurício Patrocínio, diretor geral da Monavie no Brasil.

Todo açaí utilizado mundialmente é proveniente da Amazônia e processado por parceiros locais. A empresa não possui terras ou fábricas próprias no Brasil. Ela estimula a colheita sustentável dos frutos e a parceria com cooperativas da região, buscando oferecer oportunidades à população local.

Ainda de acordo com o DMA, 48% das empresas dispõem de projetos para reduzir a emissão de gases de efeito estufa, e 42% já utilizam fontes renováveis de energia.

Exemplo é a Sanavita, indústria que se destaca no segmento de alimentos funcionais, há 25 anos no mercado e como projeto principal para 2010 está o investimento em ações para beneficiar o meio ambiente.

A empresa, que pretende faturar R$15 milhões este ano, investiu mais de R$1,5 milhão no planejamento de comunicação e marketing e como principal ação modificou todos os rótulos e embalagens de plástico para lata de aço, 100% sustentável, em benefício ao meio ambiente.

A lata de aço é o material mais reciclado do mundo, e tem o tempo de decomposição de cerca de 10 anos. Por isso hoje é a melhor opção para embalagem. Ela é reciclável, reutilizável, possui menos tempo de decomposição se comparado ao alumínio, vidro e plástico e ainda emite nível menor de gás carbônico no seu processo de fabricação.

“Investir apenas na alimentação correta não basta. Como nossa principal missão é promover bem estar e qualidade de vida, nada mais coerente do que incluir em nosso planejamento mudanças em benefício à natureza”, afirma Thiago Salgado, diretor da Sanavita.

Com o objetivo de desenvolver uma atividade econômica ecologicamente sustentável a Nativ Pescados, localizada na região de Sorriso – MT, inaugurou em abril deste ano a Fundação Nativ Amazônia Sustentável.

A cada pacote da linha de produtos vendida ao consumidor brasileiro a fundação recebe R$0,05 (cinco centavos de real). Segundo o presidente executivo da empresa, Pedro Furlan Uchôa Cavalcanti, os principais objetivos com essa iniciativa são viabilizar a produção industrial sustentável das espécies de peixes amazônicos visando o desenvolvimento econômico da região, gerar riqueza, emprego e renda, desenvolver uma atividade que evite o desmatamento, produzir um custo de produção competitivo e finalmente aproveitar o grande potencial hípico da região. A expectativa é que no primeiro ano a Fundação receba cerca de R$ 34 milhões, além de reflorestar 1250 hectares e plantar mais de 1.400.000 mudas.

A Nativ Pescados está no mercado desde outubro de 2008 e comercializa peixes de alto padrão congelados, entre eles o Tambaqui, Pintado da Amazônia, Surubim, Tilápia e o Camarão. “Compreender a complexidade da sustentabilidade será o principal fator de sucesso do século XXI para todas as organizações”, finaliza o presidente.

Para mais informações clique aqui.

 


Fonte: Máxima Assessoria de Imprensa citado pelo Portal Madeira Total



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/04/2019 às 10:22

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


3132 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey