Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


24/11/2008

Produtores Extrativistas e Governo Discutem Preços

O objetivo, de acordo com os participantes, é atender a Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), que oferece ao segmento produtivo recursos contra a baixa de preço do produto no mercado. No caso da borracha e da carnaúba, o governo pode adquirir a produção ou o produtor pode receber um “bônus” para equiparar ao preço mínimo.

Extração da Borracha Natural

A Conab pode voltar a fazer Aquisições do Governo Federal (AGF) para produtos extrativistas como borracha natural e pó cerífero (da cera de carnaúba) que já fizeram parte da política de garantia do governo. A proposta está sendo analisada pelo Ministério da Fazenda.

A proposta é de técnicos da Conab da área de Gestão da Oferta, juntamente com produtores e representantes amazonenses ligados à produção extrativistas e do Ministério do Meio Ambiente que discutiram o assunto esta semana em Brasília.

O objetivo, de acordo com os participantes, é atender a Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), que oferece ao segmento produtivo recursos contra a baixa de preço do produto no mercado. No caso da borracha e da carnaúba, o governo pode adquirir a produção ou o produtor pode receber um “bônus” para equiparar ao preço mínimo. A subvenção poderá ainda beneficiar a produção extrativa de açaí, babaçu e pequi que estão contemplados também com os Empréstimos do Governo Federal (EGF).

Estão sendo revistos valores para cálculo do custo de produção que vai definir o preço mínimo do óleo de copaíba e de andiroba, alguns dos produtos que fazem parte da programação do governo de incentivo às regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Já têm preço mínimo definido, com vigência até junho do próximo ano o fruto do açaí (R$ 0,61/kg), amêndoa de babaçu (R$ 1,46/kg) e fruto do pequi (R$ 0,21/kg para Norte e Nordeste e R$ 0,31/kg para Sudeste e Centro-Oeste), além da borracha natural do Bioma Amazônia (R$ 3,50/kg).


Fonte: www.paginarural.com.br



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/04/2019 às 04:25

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2396 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey