Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/05/2010

Moveleiros Miram Público de Menor Renda

Com aspirações de consumo cada vez mais semelhantes às das classes sociais mais elevadas, os consumidores das classes C e D - motivados pelo aumento da renda, pela facilidade de acesso ao crédito e pelo boom imobiliário - estão cada vez mais trocando a mobília da casa. Com foco nesse público, fabricantes de móveis passaram a apostar nesse nicho de mercado, que se fortalece a cada dia

Com aspirações de consumo cada vez mais semelhantes às das classes sociais mais elevadas, os consumidores das classes C e D - motivados pelo aumento da renda, pela facilidade de acesso ao crédito e pelo boom imobiliário - estão cada vez mais trocando a mobília da casa. Com foco nesse público, fabricantes de móveis passaram a apostar nesse nicho de mercado, que se fortalece a cada dia.

Assim deve acontecer com alguns expositores da 11ª Top Móvel, evento que ocorre de hoje a sexta-feira, no Centro de Convenções Edson Queiroz.

A feira, voltada para profissionais do setor moveleiro é considerada a maior no gênero no Norte e Nordeste. Por lá, cerca de 60% das linhas apresentadas pelos 130 expositores são voltadas para as classes C e D. "De cinco anos para cá, o desenvolvimento de produtos específicos para estas pessoas vem ganhando força", ressalta o presidente do Sindicato das Indústrias do Mobiliário do Estado do Ceará (Sindmóveis), Geraldo Bastos Osterno Júnior.

Para esta edição da Top Móvel são esperados R$150 milhões em realização de negócios, o que coloca o evento como um dos maiores do Estado.

Entre os itens, estarão expostos armários, colchões, dormitórios, linha branca e salas de jantar. Hoje, o Ceará possui 285 empresas de móveis concentradas em Fortaleza, Marco, Iguatu e Jaguaribe, contribuindo para a mudança do perfil econômico-financeiro dessas regiões. "No Marco, as empresas moveleiras, 28 no total, geram juntas 1.700 empregos diretos e, no Jaguaribe, 700 empregos diretos", destaca Osterno Júnior.

Expositores

Além dos expositores que participam pela primeira vez, a Top Móvel conta com exibidores fieis, todos localizados no Ceará, que a cada edição apostam na feira como um dos principais propulsores de negócios da empresa. São eles: Móveis Osterno e Madressilva, ambas situadas no município de Marco; TuboArt, em Jaguaribe; Modelar, em Fortaleza, dentre outras.

Do Rio Grande do Sul para o Ceará. Há 15 anos no mercado, a Móveis Kappesberg está entre as maiores do setor moveleiro da América Latina. Na Top Móvel, trará como novidade aos visitantes o seu simulador de ambientes, o Virtual Planner, software com tecnologia canadense que possibilita que qualquer pessoa defina medidas e faça combinações em montagens de ambientes. Os gaúchos também já enxergam o Nordeste como importante mercado comprador de seus produtos. Com o crescimento da economia regional acima da média nacional, muitas pessoas entraram nas faixas de consumo atrativas para a indústria.

Para driblar a perda de alguns mercados internacionais, como o americano e o mexicano, a saída encontrada por boa parte dos exportadores cearenses foi exatamente concentrar a comercialização de seus produtos no cenário doméstico, sobretudo nos estados nordestinos. O setor de Móveis ocupa atualmente a 13ª posição no ranking de exportações, tendo embarcado ao exterior no primeiro trimestre deste ano US$ 549,3 milhões, contra US$ 888,2 milhões em igual período de 2009 (um recuo de 38,2%).


Fonte: Diário do Nordeste citado por Portal Moveleiro



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

20/03/2019 às 09:10

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1562 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey