Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/05/2010

Femade promete bons negócios no segmento de máquinas para madeira

A 6ª. edição da FEMADE – Feira Internacional para a Indústria da Madeira, Móveis e Setor Florestal, teve início nesta segunda-feira (24), no pavilhão do Expotrade, em Pinhais - região metropolitana de Curitiba (PR). O evento, focado na realização de negócios entre os agentes com atuação na cadeia

A 6ª. edição da FEMADE – Feira Internacional para a Indústria da Madeira, Móveis e Setor Florestal, teve início nesta segunda-feira (24), no pavilhão do Expotrade, em Pinhais - região metropolitana de Curitiba (PR). O evento, focado na realização de negócios entre os agentes com atuação na cadeia produtiva da madeira, reúne 100 expositores do Brasil e do exterior. A feira acontece até o próximo dia 28 de maio.

O evento é organizado pela Hannover Fairs Sulamérica, em parceria com o grupo alemão Deutsche Messe AG e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). A previsão da organização é receber aproximadamente 10 mil visitantes profissionais nos cinco dias de exposição.

“A Femade está 44% maior em relação a edição anterior, realizada em 2008. Saltamos de 66 para 98 empresas, sendo que parte desse crescimento se deve a maior presença de empresas internacionais”, destaca Constantino Baümle, diretor da Hannover Fairs Sulamérica, acrescentando: “São fornecedores de máquinas, insumos, serviços e tecnologia interessados em mostrar lançamentos”.

Segundo o alemão Martin Folkerts, diretor global da Deutsche Messe AG e responsável pela comercialização internacional da feira, a presença de empresas estrangeiras se deve ao grande potencial econômico do país. “Atualmente, o Brasil e a América Latina tem sido procurada por suas indústrias e não só pela grande quantidade de matérias-primas. A combinação entre grandes áreas florestais e um crescimento econômico consistente também torna o Brasil muito atrativo não só para as empresas européias, mas para organizações de todos os continentes”.

Folkerts lembrou ainda que o Paraná é o maior estado exportador de produtos de madeira, e que a economia européia ainda está em recuperação. Nesta edição, a Femade registra a presença de 28 expositores internacionais, provenientes da Argentina, Chile, China, Estados Unidos, Finlândia, Holanda, Índia, Itália, Paquistão, Peru e Taiwan.

Também estão presentes na feira, entidades como ACOPI (Asociación Colombiana de Micros, Pequeñas y Medianas Empresas), FAIMA (Federación Argentina Industria de la Madera y Afines), PROCHILE (Promoción de Exportaciones) – escritório de fomento à exportação de produtos e serviços da Direção Geral de Relações Econômicas Internacionais do Ministério das Relações Exteriores do Chile, e a WMMA (Wood Machinery Manufactures of America) – entidade americana que reúne mais de 200 empresas associadas.

Neste ponto, Carlos César Padovan, diretor da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas), lembrou que a rápida resposta do Brasil frente à crise econômica mundial tem sido outro atrativo para as empresas internacionais. “O mercado de exportações está estagnado, com raras exceções. Por isso, as empresas voltam suas forças para economias onde o mercado interno vem sustentando as vendas, a exemplo do Brasil”, disse.

SETOR DE MÁQUINAS – Segundo dados do Departamento de Economia e Estatística (DEE) da Abimaq, no primeiro trimestre de 2010, o setor de máquinas para madeira registrou um crescimento em seu faturamento da ordem de 86,1% ante o mesmo período de 2009. Para a entidade, trata-se, no entanto, de um desempenho que prenuncia a recuperação de mercado, pois, quando comparado com o mesmo período de 2008 – antes da crise – o montante ainda é negativo em 27,2%.

Já Marcelo Luparia, presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Equipamentos para Madeira (CSMEM) da Abimaq, atribui este crescimento essencialmente ao Programa de Sustentação do Investimento (PSI), programa que visa estimular a produção, aquisição e exportação de bens de capital e a inovação tecnológica. “A combinação de juros menores e prazo maior, animou a grande maioria de empresários que precisavam renovar suas máquinas e parque fabril”, acredita.

FEMADE ADOTA NOVO CALENDÁRIO A PARTIR DE 2011

A 6ª. edição da FEMADE - Feira Internacional para a Indústria da Madeira, Móveis e Setor Florestal, acontece entre os dias 24 e 28 de maio de 2010, no Expotrade, em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (PR).

Contudo, para evitar a grande concentração das feiras do setor nos anos pares e sincronizar as ações da FEMADE com a realização da Ligna, a organização do evento decidiu que, a partir de 2011, ele passa a ser realizado nos anos ímpares. “Assim, teremos uma edição da feira em 2010 e outra em 2011, sendo que na sequência ela passa a ser realizada a cada dois anos”, explica Maria Cristina Pieruccini, gerente da feira.

A Femade 2011 será realizada no segundo semestre, de 13 a 16 de setembro. “Muitos expositores elogiaram a postura da feira e o fato de termos duas edições seguidas, uma vez que o próximo biênio dente a ser de crescimento. Assim, as empresas podem potencializar suas vendas e exposição”, destaca a gerente.

A proposta conta com o apoio da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) e da Câmara Setorial para Máquinas e Equipamentos para Madeira (CSMEM) da Abimaq.

“Inclusive, temos o compromisso da Abimaq em reforçar a presença das demais Câmaras Setoriais da entidade em nosso evento. Hoje, a entidade conta com 27 Câmaras Setoriais e muitas destas empresas tem estreita ligação com o setor de madeira e móveis”, acrescentou Maria Cristina Pieruccini. 

Para mais informações clique aqui.


Fonte: AI Femade



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/07/2019 às 07:48

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2240 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey