Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


26/05/2010

Femade promete bons negócios no segmento de máquinas para madeira

A 6ª. edição da FEMADE – Feira Internacional para a Indústria da Madeira, Móveis e Setor Florestal, teve início nesta segunda-feira (24), no pavilhão do Expotrade, em Pinhais - região metropolitana de Curitiba (PR). O evento, focado na realização de negócios entre os agentes com atuação na cadeia

A 6ª. edição da FEMADE – Feira Internacional para a Indústria da Madeira, Móveis e Setor Florestal, teve início nesta segunda-feira (24), no pavilhão do Expotrade, em Pinhais - região metropolitana de Curitiba (PR). O evento, focado na realização de negócios entre os agentes com atuação na cadeia produtiva da madeira, reúne 100 expositores do Brasil e do exterior. A feira acontece até o próximo dia 28 de maio.

O evento é organizado pela Hannover Fairs Sulamérica, em parceria com o grupo alemão Deutsche Messe AG e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq). A previsão da organização é receber aproximadamente 10 mil visitantes profissionais nos cinco dias de exposição.

“A Femade está 44% maior em relação a edição anterior, realizada em 2008. Saltamos de 66 para 98 empresas, sendo que parte desse crescimento se deve a maior presença de empresas internacionais”, destaca Constantino Baümle, diretor da Hannover Fairs Sulamérica, acrescentando: “São fornecedores de máquinas, insumos, serviços e tecnologia interessados em mostrar lançamentos”.

Segundo o alemão Martin Folkerts, diretor global da Deutsche Messe AG e responsável pela comercialização internacional da feira, a presença de empresas estrangeiras se deve ao grande potencial econômico do país. “Atualmente, o Brasil e a América Latina tem sido procurada por suas indústrias e não só pela grande quantidade de matérias-primas. A combinação entre grandes áreas florestais e um crescimento econômico consistente também torna o Brasil muito atrativo não só para as empresas européias, mas para organizações de todos os continentes”.

Folkerts lembrou ainda que o Paraná é o maior estado exportador de produtos de madeira, e que a economia européia ainda está em recuperação. Nesta edição, a Femade registra a presença de 28 expositores internacionais, provenientes da Argentina, Chile, China, Estados Unidos, Finlândia, Holanda, Índia, Itália, Paquistão, Peru e Taiwan.

Também estão presentes na feira, entidades como ACOPI (Asociación Colombiana de Micros, Pequeñas y Medianas Empresas), FAIMA (Federación Argentina Industria de la Madera y Afines), PROCHILE (Promoción de Exportaciones) – escritório de fomento à exportação de produtos e serviços da Direção Geral de Relações Econômicas Internacionais do Ministério das Relações Exteriores do Chile, e a WMMA (Wood Machinery Manufactures of America) – entidade americana que reúne mais de 200 empresas associadas.

Neste ponto, Carlos César Padovan, diretor da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas), lembrou que a rápida resposta do Brasil frente à crise econômica mundial tem sido outro atrativo para as empresas internacionais. “O mercado de exportações está estagnado, com raras exceções. Por isso, as empresas voltam suas forças para economias onde o mercado interno vem sustentando as vendas, a exemplo do Brasil”, disse.

SETOR DE MÁQUINAS – Segundo dados do Departamento de Economia e Estatística (DEE) da Abimaq, no primeiro trimestre de 2010, o setor de máquinas para madeira registrou um crescimento em seu faturamento da ordem de 86,1% ante o mesmo período de 2009. Para a entidade, trata-se, no entanto, de um desempenho que prenuncia a recuperação de mercado, pois, quando comparado com o mesmo período de 2008 – antes da crise – o montante ainda é negativo em 27,2%.

Já Marcelo Luparia, presidente da Câmara Setorial de Máquinas e Equipamentos para Madeira (CSMEM) da Abimaq, atribui este crescimento essencialmente ao Programa de Sustentação do Investimento (PSI), programa que visa estimular a produção, aquisição e exportação de bens de capital e a inovação tecnológica. “A combinação de juros menores e prazo maior, animou a grande maioria de empresários que precisavam renovar suas máquinas e parque fabril”, acredita.

FEMADE ADOTA NOVO CALENDÁRIO A PARTIR DE 2011

A 6ª. edição da FEMADE - Feira Internacional para a Indústria da Madeira, Móveis e Setor Florestal, acontece entre os dias 24 e 28 de maio de 2010, no Expotrade, em Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (PR).

Contudo, para evitar a grande concentração das feiras do setor nos anos pares e sincronizar as ações da FEMADE com a realização da Ligna, a organização do evento decidiu que, a partir de 2011, ele passa a ser realizado nos anos ímpares. “Assim, teremos uma edição da feira em 2010 e outra em 2011, sendo que na sequência ela passa a ser realizada a cada dois anos”, explica Maria Cristina Pieruccini, gerente da feira.

A Femade 2011 será realizada no segundo semestre, de 13 a 16 de setembro. “Muitos expositores elogiaram a postura da feira e o fato de termos duas edições seguidas, uma vez que o próximo biênio dente a ser de crescimento. Assim, as empresas podem potencializar suas vendas e exposição”, destaca a gerente.

A proposta conta com o apoio da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) e da Câmara Setorial para Máquinas e Equipamentos para Madeira (CSMEM) da Abimaq.

“Inclusive, temos o compromisso da Abimaq em reforçar a presença das demais Câmaras Setoriais da entidade em nosso evento. Hoje, a entidade conta com 27 Câmaras Setoriais e muitas destas empresas tem estreita ligação com o setor de madeira e móveis”, acrescentou Maria Cristina Pieruccini. 

Para mais informações clique aqui.


Fonte: AI Femade



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

25/03/2019 às 12:32

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2142 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey