Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


10/05/2010

Conheça as Principais Tendências Para o Mobiliário

Com um público estimado em mais de 330 mil visitantes, foram realizados entre os dias 14 e 19 de abril importantes eventos no setor moveleiro: o Salão Internacional do Móvel de Milão, a Feira Internacional de Acessórios, o Salão Satélite, e os bianuais Eurocucina e Salão Internacional de Banheiros.

Com um público estimado em mais de 330 mil visitantes, foram realizados entre os dias 14 e 19 de abril importantes eventos no setor moveleiro: o Salão Internacional do Móvel de Milão, a Feira Internacional de Acessórios, o Salão Satélite, e os bianuais Eurocucina e Salão Internacional de Banheiros. 

Entre os visitantes, chama a atenção todos os anos a delegação brasileira. Todos querem vivenciar este evento, seja para buscar tendências, inovação, inspiração, novos contatos e negócios. “Não é só o design italiano que está em evidência. Empresas e designers do mundo inteiro expõem em Milão, isso é o que oferece diversidade e faz desta feira um marco, a mais importante do setor”, explica Luciane Gomes, arquiteta da Príncipe Marcenaria, associada ao APL Movelaria Paulista.

O mercado moveleiro foi representado por um grupo de empresários (sendo nove de empresas do APL Movelaria Paulista), e com o apoio do SEBRAE-SP, também visitou a fábrica da Blum (especializada em ferragens) na cidade de Bregenz (Áustria). Durante a visita, eles puderam conhecer os últimos lançamentos da empresa, a área de treinamento, desenvolvimentos de automação, com destaque para um novo sistema de basculantes (linha Aventos) com dispositivo eletrônico de acionamento. “Também chamou a nossa atenção o laboratório de testes da empresa, que inclusive filma a casa dos clientes para verificar a utilização dos seus produtos e realizar os ajustes necessários”, conta Sidnei Del Vai, diretor da Delta Cozinhas, empresa do APL Movelaria Paulista.

Para Luciane Gomes é complicado falar de tendência numa feira como a de Milão, um lugar onde todas as "tribos" se encontram e cada uma se expressa a sua maneira. “Não há uma regra e nem um padrão. O que ficou evidente foi o brilho presente no acabamento da maioria dos móveis. O uso do vidro e do metal também foi muito explorado”, destaca Luciane.

Ela acredita que mais importante do que utilizar as tendências nos projetos é filtrar todas as informações e saber como aplicá-las de forma coerente na linha de produtos. “Este é o grande desafio”, afirma. “Seguir uma tendência é estar bem informado e fazer-se valer disto para criar coisas novas. Isto significa encontrar um caminho diferente daquilo que todos fazem”, completa.

Para a designer Alessandra Delgado, cada vez mais a construção dos movéis em madeira em Milão aparece mais leve, com espessuras finas delicadas. “Less is more! O design, as texturas, cores fortes e materiais diferenciados revestindo imitando tecidos, dão o tom”, completa Alessandra. Chamou sua atenção o fato da Girona Design, empresa para a qual cria os móveis, caminhar neste sentido da delicadeza há algum tempo: é uma briga com o mercado brasileiro convencer que o móvel bonito não tem a beleza medida em quilos”, destaca.

Acabamentos

Entre as propostas apresentadas em Milão, destacou-se a utilização da pintura com alto brilho, combinada com a madeira em acabamento fosco na mesma cor; o vidro sem perfil de alumínio (colado diretamente no MDF, com espessura de 2 mm); lâminas de madeira com alguns desenhos (ranhuras) no sentido transversal, sem brilho e com os poros da madeira abertos.

O vidro foi um dos grandes destaques do Salão do Móvel e da Eurocucina, tanto no acabamento dos móveis como complemento dos projetos, muitas vezes somado às incrustações e adesivos geométricos, de forma artística.

Cores

As lâminas com cores mais claras, destacando a textura e os desenhos naturais da madeira continuam em alta. No acabamento alto brilho destacou-se a utilização do cinza, do branco e do verde. Para a Arquiteta Alessandra Delgado (Designer Girona Design) o maior destaque, no que diz respeito às cores das lacas em alto brilho foras as cores fortes em tons de roxo, laranjas, azuis, amarelos... “tanto nas cozinhas como em ambientes de salas e homes”, diz.

Materiais e Formas

Os tampos das bancadas e pias de cozinha não possuem mais a área úmida. Além da utilização do aço inox (mais fino) com cantos quadrados no sobre tampo, destacou-se também o mármore anticato flameado esculpido na própria pedra, a sobreposição do vidro sobre a lâmina de MDF. As cubas e cooktops também apareceram embutidos nos tampos.
As cozinhas brancas retornam com toda a força, bem como a utilização de algumas formas mais arredondadas somadas aos módulos quadrados, o que oferece um efeito mais sensual e delicado.

Também chamou a atenção de Sidnei Del Vai a larga utilização dos fornos embutidos nos armários de cozinha. Como forma de acionamento aparecem as portas retráteis e basculantes. “Há claramente a associação de alguma tecnologia que não permite a dissipação do calor, possibilitando, por exemplo, embutir o forno próximo de um freezer”, explica Sidnei. Os puxadores embutidos aparecem usinados na madeira e também no vidro.

A organização das gavetas ganhou um importante aliado nas divisórias feitas em madeira, com espaços especiais para cada item utilizado no faqueiro. Em muitas propostas, as gavetas ocupam o lugar das portas, em outras, são “escondidas” atrás de portas que deslizam perfeitamente sobre os armários.

Ambientes

Permanece forte a tendência de integração dos espaços, unindo a cozinha ao living e o quarto ao banheiro.

Entre as cozinhas, chamou atenção a nova linha da Dada, que se somou à grife Armani e nesta edição trouxe uma proposta ultra-moderna, com destaque para a cor amarela nas portas. “A cozinha estava praticamente embutida, como se fosse um armário. Quando as portas eram abertas, percebia-se a grande sofisticação e aproveitamento dos espaços”, conta Sidnei.

Já a Designer Alessandra delagdo ficou impressionada com os lançamentos da VALCUCINE, que utilizou cores muito diferenciadas nas cozinhas, misturando com tons de madeira natural. “Eles utilizam grafismos aplicados ao vidro que podem ser personalizados pelo cliente, como uma obra de arte”, comenta Alessandra. “Além deste material também vi muitas resinas, plásticos e corian para fazer peças curvas ou com formas ousadas”, completa.

Nos quartos, os armários e closets permanecem com um visual bem clean, com grandes portas de correr. A cor branca em alto brilho foi também o principal destaque, seguido pela utilização do vidro com desenhos em formas geométricas, misturado com couro e tecidos. Os vãos embutidos e as gavetas com extração parcial mostram que é possível inovar e ao mesmo tempo reduzir custos. Outro destaque é a utilização da tapeçaria incrustada na marcenaria.

Nos closets há larga utilização de prateleiras com mãos francesas e caixas, pintura em dois tons (um fosco ou na cor natural da madeira e outro brilhante), sistema de portas coplanar e pintura com toque emborrachado,

Mobiliário

Os móveis chapados, simples, seguindo um desenho reto, elegante e leve foram na opinião de Luciane Gomes as características mais marcantes da feira. “O supérfluo foi eliminado, ficou o essencial”, diz.
Karim Hashid fez um show room conceito para a Casa Corian muito interessante, com cama, criado, armários, tudo moldado em Corian e utilizando cores vibrantes. muito rosa e lilás, é claro, que sempre marcam seu estilo.

Saiba mais sobre o Movelaria Paulista

Arranjo Produtivo Local (APL) é o termo que define um conjunto de empresas com a mesma especialização produtiva e que se localiza em um mesmo espaço geográfico. Os APLs mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si, contando também com apoio de instituições locais como Governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa. O APL Movelaria Paulista foi criado em 2004 pelas entidades, com o apoio do SEBRAE, com o objetivo de incrementar o desenvolvimento da cadeia moveleira. O projeto conta atualmente com 56 empresas e a gestão de três entidades: Sindicato da Indústria do Mobiliário de São Paulo (Sindimov-SP), Sindicato da Indústria de Móveis de São Bernardo do Campo e Região (SimABC) e do SEBRAE-SP. Patrocinadores: Alpex Alumínio, Montana Química e Tecmatic.

Empresas participantes:

AG Movelaria, Almudena, Art Design, Artigiano, Benestare, Brisaltec, Bristol Móveis, Cavaleiro, Combinatto, Cozinart, Daff, Dagosto Móveis, Danivam, Decormant, Delta Móveis, Drumello, Exímio Móveis, Felita, Gabbinetto, Girona Design, Guaicurus Home, Hi-Spada, Hospitalar, Idelar, Interact, Kanan, KW Móveis, Lart Móveis, Laurel, Legno, Luc Art, Madotti, MAJ Moreno, MG Marcenaria, MGA Moveleira, Marcenaria Nossa Senhora da Paz, MK Marcenaria, Matic, Mocap, Mont Fácil, Móveis Sanchez, Móveis Zechetti, Net Marcenaria, Porto Madeira, Primolar, Príncipe Marcenaria, Prospectus Soluções em Mobiliário, Quarta Divisão, Quatro Fratelli, R&C Móveis. Rolim Design, Segatto, Tirmis, Tre Uni, Versatile, Vila Rica. 

Para mais informações clique aqui.

 


Fonte: Remade



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/04/2019 às 22:23

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


4404 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey