Facebook Twitter RSS

Avanço e Pesquisa

Versão para impressão
A-
A+


17/02/2010

Cientistas Desenvolvem Cristais Para Capturar CO2

Em um estudo publicado na Science, pesquisadores afirmam ter criado cristais sintéticos que são capazes de absorver as emissões de dióxido de carbono e que podem ser a base de uma nova técnica de CCS até 400% mais eficiente que as atuais.

“Nós pegamos partículas orgânicas e inorgânicas e as combinamos em um cristal sintético com um código de informação parecido com o DNA. Não que seja sofisticado como o DNA, mas com certeza é algo novo na ciência química e de materiais”, tentou explicar sua descoberta Omar M. Yaghi, membro do Instituto de Nano Ciências da Universidade da Califórnia (UCLA).

Parece complicado, mas simplificando o professor Yaghi e sua equipe desenvolveram um tipo de cristal que age como uma esponja e que poderá ser usado em projetos de captura e armazenamento de carbono (CCS). Uma contribuição que poderá ajudar a limpar fontes sujas de energia, como as termoelétricas a carvão. Segundo o estudo, a nova técnica pode ser até 400% mais eficiente do que os processos atuais.

“Essa tecnologia também permitirá a transformação desse carbono capturado novamente em combustível ou ainda ser usada em processos variados como quebrar a molécula de água em hidrogênio. Assim, existem várias aplicações para ela em setores industriais e relacionados com energia”, afirmou Yaghi.

Tentativas

Ainda na década de 1990, Yaghi desenvolveu uma classe de materiais chamada de metal-organic frameworks (MOFs) - algo como estruturas metais-orgânicas  -, a qual ele descreveu como cristais esponjas.

Depois de milhares de tentativas, a equipe da UCLA foi capaz de utilizar esses cristais para capturar gases que são difíceis de armazenar e transportar, incluindo o dióxido de carbono.  O resultado está publicado na revista Science do dia 12 de fevereiro, sob o título Multiple Functional Groups of Varying Ratios in Metal-Organic Frameworks.

“Químicos e cientistas de materiais serão capazes agora de perguntar novas questões e tentar coisas nunca pensadas anteriormente. Também, esperamos que sejam desenvolvidas em breve novas ferramentas e técnicas para decifrar as estruturas dos cristais e explorar suas potencialidades”, concluiu Yaghi.


Fonte: CarbonoBrasil/UCLA



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

11/12/2019 às 03:37

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1986 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey