Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


21/12/2009

Klabin Obtém Aumento de 90% nas Exportações de Papelcartão ao Mercado Europeu

A abertura de um escritório da Klabin na Bélgica, em setembro de 2008, rendeu resultados expressivos à companhia, maior produtora, exportadora e recicladora de papéis do Brasil.

A abertura de um escritório da Klabin na Bélgica, em setembro de 2008, rendeu resultados expressivos à companhia, maior produtora, exportadora e recicladora de papéis do Brasil. O volume de vendas de cartões da Klabin, destinados ao mercado europeu, apresentou alta de 90% nos nove primeiros meses de 2009 em relação ao mesmo período do ano passado. Os resultados contrariam o cenário da economia mundial, que tem apresentado queda nas exportações.

Para Edgard Avezum, diretor comercial da Klabin, apesar de a crise trazer retração de demanda, a empresa encontrou oportunidades no mercado externo para expor suas vantagens competitivas, o que incrementou as exportações de cartões. “A receptividade e o interesse do mercado europeu por novas alternativas foram fatores que abriram caminhos para as negociações. Porém, o que fez a diferença foi a combinação de uma gestão sustentável da cadeia de produção, produtos competitivos e um atendimento mais próximo aos clientes”, avalia Avezum.

 

Em decorrência disso, a Klabin conquistou novas contas e incrementou negócios já existentes aprimorando o atendimento, a logística e podendo mostrar aos parceiros a importância e diferença de trabalhar com uma empresa que possui práticas sustentáveis reconhecidas mundialmente.

 

Uma das soluções que mais abriram portas no mercado europeu foi os cartões com gramaturas inferiores. “A baixa densidade permite reduções do peso de 5% a 8% e, assim, pode-se levar maior quantidade do produto na mesma tonelada”, explica Avezum. Os benefícios são produtos de alta performance, com ótima capacidade de impressão, podendo reduzir os custos relacionados à fabricação, ao uso e ao transporte das embalagens.

 

A Klabin exporta o papelcartão para 14 países da Europa, comercializado com gráficas convertedoras que desenvolvem produtos para empresas como Heineken, InBev, Nestlé, Diageo, Barilla, entre outras. A expectativa é que até o final do ano a empresa expanda seus negócios para mais 4 países. Essas parcerias são consagradas graças a vantagens competitivas oferecidas pela Klabin, por ter em toda a sua cadeia produtiva o selo do FSC – Forest Stewardship Council.  Outro reconhecimento importante é a certificação do Instituto ISEGA, da Alemanha, que regula o correto contato de alimentos com o papel das embalagens.

 

O modelo de negócios adotado pela Klabin prevê o desenvolvimento sustentável, unindo a viabilidade econômica dos negócios a uma atuação socialmente responsável e ambientalmente correta. “Este conceito foi um dos fatores determinantes para fecharmos negócios e aumentarmos significativamente as exportações à Europa”, finaliza Avezum.

 

FSC

 

O selo FSC atesta que toda a cadeia de produção da embalagem, desde o manejo florestal, passando pela fabricação do papel e pela conversão, ocorra de forma ambientalmente correta, socialmente justa e economicamente viável. A certificação também garante a rastreabilidade das matérias-primas em toda a cadeia produtiva.

ISEGA

 

O certificado do instituto ISEGA (Alemanha), também é outro atributo dos cartões da Klabin, pois permite o seu contato direto dos alimentos. O ISEGA analisa uma série de elementos, com base nas legislações americana (Food and Drug Administration - FDA) e alemã (Bundesinstitut für Risikobewertung - BfR). Além disso, o papelcartão da Klabin é produzido a partir de um mix de fibras curtas (eucalipto) e longas (pínus), ideal para o acondicionamento do produto, sendo resistente ao rasgo, à umidade e às baixas temperaturas de acondicionamento nas geladeiras e freezers.

 

 

Companhia atribui crescimento a vantagens competitivas como os cartões com menores gramaturas, o modelo de gestão sustentável e a abertura de escritório na Europa.

 


Fonte: Portal Madeira Total



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (1)


JOSÉ PEDROSO disse:

09/03/2014 às 12:39

Agradeço cotação de bobine Fluting - CIF/LIsboa - Largura 1,65 a 2,20m - Gramatura 160-165 Gramas, veio central 75mm.

Muito Obrigado

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

O que você acha da implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR)?

Trará benefícios aos produtores rurais
Trará benefícios ao meio ambiente
Trará benefícios apenas para o governo
Trará benefícios aos produtores rurais, ao meio ambiente e ao governo
Não muda a situação dos produtores rurais, nem do meio ambiente

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2453 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey