Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


21/10/2009

Empresa Pothencia Refloresta Madeira Nobre e Financia Produtores Rurais

A empresa Pothencia - Tecnologia Ambiental, existente desde janeiro de 2004 vêm realizando nos últimos tempos, um trabalho diferenciado em tecnologia e oportunidades de reflorestamento para o produtor rural.

A empresa Pothencia - Tecnologia Ambiental, existente desde janeiro de 2004 vêm realizando nos últimos tempos, um trabalho diferenciado em tecnologia e oportunidades de reflorestamento para o produtor rural.

Trata-se do reflorestamento de madeiras nobres com diversas vantagens diferenciadas às que existem atualmente no mercado, feito nas próprias terras dos clientes, incluindo um sistema de irrigação por gotejamento com garantia de 12 meses.

Incluso no processo, a assistência técnica é oferecida através de financiamento próprio e total da implantação em até 36 meses. O destaque desse tipo de trabalho é que a empresa financia o reflorestamento de madeira nobre, diferentemente dos bancos que não oportunizam esse tipo de crédito.

Hoje a Pothencia possui plantios próprios em suas fazendas atendendo seus clientes que recebem seus serviços de gestão e implantação de florestas.

O fator “sustentabilidade” é outro item que faz parte das ações da empresa onde o foco é o reflorestamento com espécies nativas que resultam em madeiras de alto valor no mercado. Desta forma contribue-se para a diminuição do desmatamento prestando um serviço que agrega valor as terras dos seus clientes.

Ao investir, o produtor precisa ter uma visão mercadológica para o seu negócio e segundo o diretor comercial da Pothencia, Everton Regatieri reflorestar com madeira nobre é uma atividade viável e totalmente rentável.

“Qualquer tipo de reflorestamento é uma opção viável para o produtor rural. Porém, a produção de madeira nobre é muito mais rentável a médio e longo prazo (médio - oito anos / longo 15 anos), pois o valor do m³ de espécies nobres como Canafístula, Ipê Roxo e Guanandi, espécies que trabalhamos, ultrapassa com muita facilidade R$ 2.000,00 o m³ e a produção em m³ pode chegar a 400m³ em oito anos em área irrigada (Canafístula)”, ressalta.

Mesmo com tanto otimismo, de forma geral ainda é comum dúvidas impedirem a iniciativa do produtor, principalmente em relação à acessibilidade da atividade. “Em geral não há dificuldades em aderir a esse investimento. O produtor precisa estar em dia com os impostos de sua propriedade, ter reserva legal localizada, averbada, APP´s preservadas e respeitando a legislação. Oferecemos pessoal técnico para esta verificação e caso haja necessidade  a legalização. Com esses requisitos fica fácil o produtor investir em madeira nobre sem medo”, explica.

Contudo, não restam dúvidas de que o produtor pode aderir ao reflorestamento de madeira nobre, pois incentivo e garantias de bons resultados é o que não faltam na hora de implantar a atividade. “Uma floresta de madeira nobre, além de valorizar o capital do produtor, pois ativos florestais valorizam dia a dia, garante uma grande receita já no 8º ano, com o mesmo espaço de tempo para a produção de eucalipto para carvão, porém, com rentabilidade 15 vezes maior e mercado garantido no Brasil e no exterior”, afirma Regatieri.


Fonte: Painel Florestal



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (5)


Ademir Ferrari disse:

13/08/2013 às 08:02

Bom dia,sou um pequeno agricultor do Paraná,apaixonado por reflorestamento.Ha muito tempo estudo sobre madeiras nobres,mas sempre esbarro no custo de implantação .Sempre tive um pensamento que a única forma de combater o desmatamento ilegal é ofertar madeira de forma legal (REFLORESTAMENTO) Para isso é necessário uma politica nacional de reflorestamento.Enquanto isso não acontece as pessoas de visão e responsabilidade ambiental vai desenvolvendo essa atividade. Bem gostaria de saber como funciona essa parceria,financiamento pela POTHENCIA. Aguardo contato. (44)91398825. Um fraterno abraço.

JOAQUIM MENEZES ARAUJO disse:

13/02/2012 às 13:07

Estou fazendo gestão ambiental pela unopar em minha cidade (Juazeiro-BA) no vale s. francinco e pretendo investir em reflorestamento com madeira nobre irrigado , vejo que temos algo em comum. trabalhei na região com carvão vegetal fornecendo para siderurgia em MG,ES. A minha preteção é crescer no mercado fazendo parcerias com peq. e grd. areas no vale .manteremos contato.BONS NEGÓCIOS .

Pedro Hitoshi Nakata disse:

28/06/2011 às 22:26

Estou hoje com 59 anos Desde 8 anos ligado a agricultura.
Ja lidei com cafe, milho, soja, amendoim, algodao, feijao, horti fruti granja etc.etc.
Madeira im pouco com eucalipto e conheco kiri.
Frutas: caqui. pessego, nespera e citrica em geral.
Estou no exterior hoje com os dias contados.
Estou com planos de cultivar palmitos, cedro australiano, mandioca e mandioquinha.
Gostaria de saber como e oque e preciso para participar e receber assistencia tecnica e financiamento de Pothencia.
Agradeco desde ja pela atencao
Pedro.

joaquim wagner da silva feijo. disse:

21/06/2011 às 19:56

estou aguardando o início do plantio dessas florestas com muitas expectativas nas minhas terras. Abraços joaquim feijó.

Marco Cesa disse:

15/04/2011 às 16:12

Parabéns pela reportagem.

No texto, fala em produção em m³ que pode chegar a 400 m³ em oito anos em área irrigada.

Qual a relação desta produção com área? Ou seja, qual a área é necessária para esta produção de 400 m³?

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


5769 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey