Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Governo do Mato Grosso prevê 6 milhões de hectares para manejo florestal sustentável

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


30/11/2015

Governo do Mato Grosso prevê 6 milhões de hectares para manejo florestal sustentável

Apesar de estimativas ousadas, o governador Pedro Taques acredita na visão estratégica e na parceria entre o governo e setor privado para alcançá-las

Governador Pedro Taques (MT) com lideranças da área de meio ambiente

As áreas passiveis de manejos florestais sustentáveis em Mato Grosso deverão saltar de 2,8 milhões de hectares, para 6 milhões. A previsão faz parte do plano de metas do Estado para a COP-21 e foram apresentadas pela Líder de pasta da Secretaria de Estado e Meio Ambientes (Sema), Ana Luíza Peterlini, em reunião fechada no fim da última semana, no palácio do Governo. Participaram do encontro o governador Pedro Taques, Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem) e demais integrantes da conjuntura público/privado.

Na ocasião, Peterlini ressaltou que Mato Grosso tem uma das maiores áreas territoriais do país, e que conta com a parceria do setor de base florestal para tornar possível a elevação das áreas de manejo florestal sustentável, para 6 milhões de hectares.

“Temos uma expansão territorial de 903 milhões de quilômetros quadrados, e somos o Estado com maior uso de ocupação do solo chegando em 53% da Amazônia, 43% do Cerrado e ainda 7% do Pantanal. Além disso, temos 60% do território mato-grossense preservado. Com o apoio de todos, conseguiremos avançar nesse escopo e alcançá-lo até 2020”, destaca a secretária.

Para a meta de redução do desmatamento em 100% até 2020, a aposta esta na integração lavoura, pecuária, floresta, que pretende substituir 6 milhões de pastagens de baixa produtividade em cultivo de alta produtividade. Ana Luíza comenta que esse desafio elevará o cultivo de grãos, fortalecerá a pecuária e ainda valorizará o cultivo de florestas plantadas. Segundo ela, esse processo ainda auxiliará na recuperação do solo e, com isso, novas áreas deixarão de ser abertas, culminando, assim, na contribuição para reduzir o desmatamento em Mato Grosso.

“Nosso Estado já alcançou 99% de redução de desmatamento e a Sema trabalha para intensificar estes números, com o apoio do setor publico/privado, cumpriremos a meta de eliminar o desmatamento e ainda levaremos crescimento para todos os seguimentos envolvidos”, ressalta Peterlini.

Durante a apresentação, Pedro Taques enfatizou que apesar de Mato Grosso apresentar estimativas ousadas, acredita na visão estratégica e na parceria entre o governo e setor privado para alcançá-las. “Sabemos que sozinhos não conseguiremos chegar a lugar algum, por isso conto com a parceria entre sindicatos, setores produtivos, entre outros. Para nós, as alianças serão as chaves de alcance a cada objetivo imposto”, finaliza o governador.

COP-21

A Conferência das Partes, realizada pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima será realizada em Paris, entre os dias 30 de novembro e 11 de dezembro. O encontro reunirá diversos países, e tem como principal objetivo reduzir os impactos ambientais causados pelo mau uso dos recursos naturais.


Fonte: Cipem



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

18/12/2018 às 12:12

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1036 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey