Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 16

Warning: max() [function.max]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 53

Warning: min() [function.min]: Array must contain at least one element in /home/storage/7/ab/56/ciflorestas/public_html/controle/nuvemtags_gerar.php on line 55
CIFlorestas>>Notícia>>Borracha do sudeste asiático provoca queda de 25% do preço no mercado brasileiro em um ano

Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


14/04/2015

Borracha do sudeste asiático provoca queda de 25% do preço no mercado brasileiro em um ano

Outro agravante para a heveicultura foi inflação que atingiu insumos nas principais regiões produtoras.

Análise está no boletim Ativos da Silvicultura, elaborado pela CNA.

O preço médio da borracha natural no mercado interno caiu, em média, 25% em um ano, por conta da superoferta do produto importado do sudeste asiático. O Brasil importa desta região 2/3 do que é consumido no país, e o subsídio oferecido por estes países a seus produtores faz com que a borracha importada tenha preços extremamente competitivos com a produção local.

A análise está no boletim Ativos da Silvicultura, elaborado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Universidade Federal de Viçosa (UFV) e pela empresa Dendrus Projetos Florestais e Ambientais Ltda. A publicação traça um mapa dos principais produtos da silvicultura, com base em levantamentos de custos de produção e preços de venda da atividade.

Segundo o boletim, outro agravante para a heveicultura (produção de borracha) foi o aumento dos preços dos insumos nas principais regiões produtoras, de 10%, em média desde o ano passado, o que afetou a relação de troca do produto por insumos. Na prática, os seringueiros precisaram desembolsar mais quilos de borracha na compra de defensivos e adubo.

“Este aumento dos custos com insumos, associado à queda contínua nos preços da borracha, tem reduzido a rentabilidade da heveicultura e desestimulado os produtores”, afirma o boletim. Uma das alternativas para frear a queda contínua dos preços pagos ao produtor seria a definição de um preço mínimo, de pelo menos R$ 2,10/quilo.

Outra medida necessária, de acordo com o estudo, seria a criação de uma taxa de equalização sobre o produto importado, “para garantir o preço mínimo e ainda um aumento na alíquota do imposto de importação, fortalecendo comercialmente o produto nacional frente ao importado”.


Fonte: CNA



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

15/10/2019 às 04:57

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1155 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey