Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


19/12/2014

Pesquisa revela que degelo na Antártica vai reduzir chuvas no Brasil

Na semana em que a Conferência Mundial sobre Clima, realizada no Peru, termina sem grandes avanços na política de redução na emissão de gases do efeito estufa, a ciência dá mais um passo para mostrar a urgência em conter a ritmo do aquecimento global.

Professor Flávio Barbosa Justino. Foto: DEA/UFV
Um artigo publicado numa das mais importantes revistas científicas do mundo sobre o tema, a Journal of Climate (EUA), mostra que o degelo na Antártica pode mudar o padrão dos ventos no Hemisfério Sul e interferir na quantidade de chuvas em todo o mundo e particularmente no Sudeste do Brasil.

O artigo The Large-scale Climate in Response to the Retreat of the West Antarctic Ice Sheet tem como primeiro autor o professor do Departamento de Engenharia Agrícola da UFV, Flávio Justino, e foi escrito em parceria com pesquisadores da Itália e da Noruega. O professor Flávio explica que a porção a oeste da Península Antártica, que corresponde a 30% de todo o gelo da região, não se apoia sobre solos e é mais sensível ao derretimento. Os pesquisadores já sabem que esta porção da calota polar está derretendo. Em 2014, o ritmo de degelo foi o maior dos últimos anos. O artigo mostra as consequências globais do derretimento usando modelagem matemática, uma técnica capaz de cruzar milhares de dados climáticos para predizer o futuro.

“O derretimento do gelo muda o perfil dos ventos e enfraquece os sistemas de frentes frias geradas a partir da Antártica e que provocam as chuvas, sobretudo no hemisfério Sul”, diz Flávio Justino. Como o clima do planeta é integrado, espera-se mudanças também em outras regiões. O professor explica ainda que esta porção da Antártica já derreteu há um milhão de anos por fatores naturais. Agora, as causas são antropogênicas e o ritmo do degelo vai depender do aquecimento global.

A pesquisa utiliza dados de satélite e modelos climáticos de todo o mundo. A Antártica é sempre uma referência para estudos do clima porque é onde as primeiras mudanças são mais facilmente perceptíveis e os dados podem ser usados para modelar efeitos em outras partes do globo. O artigo já está na revista online e será publicado em breve em edição impressa. A Journal of Climate é a revista científica mais importante do mundo para publicação de artigos sobre clima.

Acesse o artigo na íntegra: https://www2.dti.ufv.br/ccs_noticias/files/anexos/phpPWVOjN_22491.pdf

 
 


Fonte: SIF



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

22/10/2019 às 07:25

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1310 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey