Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


24/11/2014

Programa Arboretum: Iniciativa busca atuar em diversos pontos na restauração florestal

Foi inaugurado em Teixeira de Freitas (BA) a base do Programa Arboretum de Conservação e Restauração da Diversidade Florestal

A iniciativa é do Ministério Público da Bahia por meio do Numa (Núcleo da Mata Atlântica), com o apoio do SFB (Serviço Florestal Brasileiro) e empresas de base florestal que atuam no extremo sul da Bahia, entre elas, a Suzano. O lançamento do programa aconteceu no último dia 13.

O Arboretum é resultado de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que visou adequar os programas de fomento da região às determinações legais de áreas de reserva legal e de preservação permanente. Seu objetivo é atuar nos diversos pontos da cadeia de restauração florestal, desde a estruturação de núcleos de coleta de sementes, produção de mudas, monitoramento do plantio e orientação dos produtores na preservação e recomposição das áreas ambientalmente protegidas de seus imóveis rurais.

“O Programa Arboretum viabiliza uma ação organizada e integrada da recuperação e adequação ambiental, com o fornecimento de sementes, mudas, orientação aos produtores rurais para a conservação e recomposição das áreas de preservação permanente e reserva legal”, explicou o Promotor de Justiça Regional Ambiental de Teixeira de Freitas, Fábio Fernandes Corrêa, que viabilizou o Programa com a assinatura do TAC.

Segundo o diretor de Relações Institucionais da Suzano, Jorge Cajazeira, as empresas de celulose reconhecem a importância e apoiam a adoção de práticas socioambientais adequadas pelos fomentados. “Estamos satisfeitos com o resultado de investimento que o TAC proporcionou em temas como educação, conscientização ambiental e, agora, a inauguração do Arboretum, um presente para o sul da Bahia”, disse.

O TAC contempla ainda a regularização ambiental de quase mil imóveis rurais, por meio da inscrição no CAR (Cadastro Ambiental Rural), cujas áreas totais ultrapassam 379 mil hectares, e o treinamento dos técnicos das empresas de celulose para realizarem o mapeamento das propriedades, orientando produtores fomentados que aderiram ao TAC sobre a necessidade de adequação ao novo código florestal. Até o momento mais de 980 imóveis rurais se comprometeram com a adequação ambiental.

Com o TAC, as empresas assumiram o compromisso de custear e manter o programa, com investimentos na ordem de R$ 30 milhões. A estrutura base do programa fica numa área de 30 ha cedida pela Uneb em Teixeira de Freitas e conta com salas de apoio administrativo, laboratório e câmara de armazenamento de sementes, herbário, carpoteca (sala para guardar frutos), xiloteca (madeiras), duas salas de aula, auditório, um espaço multiuso, jardim sensititvo e arboreto.

O Arboretum tem abrangência regional e está sendo gerido administrativa e financeiramente pela FJS (Fundação José Silveira) e as decisões tomadas, por um Conselho Gestor formado pela FJS, Uneb (Universidade Estadual da Bahia), SFB, Inema (Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos), SEMA (Secretaria Estadual de Meio Ambiente), EBDA (Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola), CNCFlora (Centro Nacional de Conservação da Flora), IFBaiano (Instituto Federal Baiano) e Embrapa Tabuleiros Costeros.


Fonte: CeluloseOnline



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (2)


Dan ?rico Lob?o disse:

21/11/2017 às 11:41

Bom dia Nat?lia (Proj. Arboretum)

Favor me enviar o endere?o para que eu possa enviar a passagem de retorno ? Itabuna (referente ao II Encontro).

Sds

Dan ?rico Lob?o

Daniel Amancio disse:

09/03/2015 às 13:55

Ótima iniciativa desse programa que esta com um projeto glamoroso em produzir mudas nativas trabalhando em parceria com as grandes empresa e principalmente com os proprietários em prol do meio ambiente, parabéns!

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

As mais lidas


Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para carvão?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1367 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE   |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey