Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


08/09/2014

Jovens designers transformam madeira recolhida nas ruas em óculos

Próximo desafio é lançar nova linha de óculos a partir de serragem.

Foto ilustrativa. (Fonte: google)
Que tal usar madeira abandonada nas ruas em produtos sofisticados com tiragem limitada? Um grupo de jovens designers resolveu aliar inovação com sustentabilidade, transformando em negócio óculos de madeira recolhida nas ruas.

Segundo o designer Henrique Meyrelles, sócio da empresa Zerezes, cerca de 1.800 óculos foram produzidos e 1.500 já foram vendidos. Cada produto é personalizado com o nome da rua de onde a madeira foi recolhida.

“O projeto começou quando a gente viu umas referências de óculos maneiras nos Estados Unidos. Na época, ainda não tinha isso no mercado brasileiro nem dava para comprar aqui. O reaproveitamento das madeiras, de usar madeiras de demolição, veio de encontrar mesmo madeiras de alto valor que não são nem mais comercializadas, sendo descartadas em vários lugares da cidade”, conta Henrique Meyrelles.

A produção hoje é de 200 óculos por mês. Os preços variam de R$ 370 a R$ 500. O próximo desafio dos jovens empreendedores é transformar o lixo das carpintarias em matéria-prima para uma nova linha de óculos.

“A vantagem maior é a gente poder reaproveitar o máximo possível do que a gente gera. Grande parte dessa serragem ia para o lixo também. Ela é usada como adubo ou é queimada, como é a madeira reaproveitada. Então a gente poder reinserir mais uma vez isso no processo. Para a gente é o melhor que a gente pode fazer, é o melhor uso para ela”, afirma Luiz Eduardo Rocha.
 


Fonte: g1



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

26/06/2019 às 12:03

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


2058 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey