Facebook Twitter RSS

Notícia

Versão para impressão
A-
A+


30/07/2014

Boletim mensal: celulose, madeira e papel registram alta no primeiro semestre

O setor brasileiro de árvores plantadas fechou o primeiro semestre deste ano com resultado positivo em seus principais indicadores de desempenho.

De acordo com a segunda edição do boletim mensal Cenários Ibá, da Indústria Brasileira de Árvores, destacam-se a alta no volume de produção e de exportações de celulose, painéis de madeira e papel de janeiro a junho deste ano, em relação ao mesmo período de 2013. A receita de exportação também teve crescimento na comparação com o primeiro semestre do ano passado e ainda houve recuo nas importações de painéis de madeira e de papel. 
 
No campo das exportações, de janeiro a junho de 2014 foram exportadas 5,1 milhões de toneladas de celulose, alta de 12,8% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram exportadas 4,5 milhões de toneladas. O segmento de painéis de madeira teve alta no volume exportado de 21,8%, totalizando 251 mil m³. Já as exportações do papel atingiram 950 mil toneladas de janeiro a junho deste ano, variando de 1,9% em relação ao mesmo período de 2013.
 
A receita de exportação dos três produtos também fechou o primeiro semestre com resultado positivo, totalizando cerca de US$ 3,7 bilhões o que representa um crescimento de 4,1% na arrecadação ante os US$ 3,5 bilhões no mesmo período do ano passado. As vendas de celulose para a China somaram US$ 796 milhões, com aumento de 8,9% na comparação com 2013.
 
No acumulado do ano, a produção de celulose atingiu aproximadamente 7,8 milhões de toneladas, com alta de 5,4% sobre o volume do mesmo período de 2013, que foi de 7,4 milhões de toneladas. A produção de painéis de madeira foi de 3,8 milhões de m³, com variação positiva de 0,9%. A produção de janeiro a junho de papel totalizou 5,2 milhões de toneladas, com variação de 0,2%.
 
Nas importações destaca-se a queda no volume de painéis de madeira que chegou ao Brasil. Foram 453 mil m³, correspondendo a uma redução de 40,1% em relação ao volume importado no mesmo período de 2013 que foi de 756 mil m³.
 
Também foi registrada queda de 4,8% nas importações de papel nos seis primeiros meses deste ano. No total, foram importadas 618 mil toneladas, enquanto no mesmo período de 2013 foram 649 mil toneladas. Somente em relação ao papel de imprimir e escrever, a queda foi de 9,5%.
 


Fonte: CeluloseOnline



Publicidade


Deixe seu comentário no espaço abaixo ou clique aqui e fale conosco.


Nome: Email (não aparecerá no site):




Comentário(s) (0)


CIFlorestas disse:

19/10/2019 às 23:16

Nenhum comentário enviado até o momento.

Novidades do Site


Quer divulgar sua empresa ou está buscando uma empresa florestal?

Pensamento

A melhor maneira de realizar os seus sonhos é acordar.
Paul Valéry

Vídeo

Bureau de Inteligência

Análise Conjuntural
Editais
Produções Técnicas

Patentes
Cartilha Florestal
Legislação



Publicidade

Mercado

Cotações
Câmbio
Mapa Empresarial


Enquete

Do ponto de vista técnico e operacional, qual é a melhor unidade para comercialização da madeira para celulose?

volume de madeira sólida (metro cúbico)
tonelada de madeira
metro estéreo ou metro de lenha
unidade ou peças de madeira

Receba no seu email

Análise Conjuntural

Estudo e análise de especialista sobre o mercado de florestas.

Newsletter

Receba as novidades do setor de florestas no seu email.

Nuvem de Tags


1251 visitas nesta página

Polo de Excelência em Florestas

Parceiros

AMS  |   ECOTECA DIGITAL  |   EMBRAPA FLORESTAS  |   EPAMIG  |   FAEMG  |   INTERSIND  |   LARF  |   MAIS FLORESTAS  |   MAPA  |   SEAPA  |   SEBRAE  |   SECTES  |   SEDE  |   SEMAD  |   SIF  |   UFLA  |   UFV  |   UFVJM  |   UNIFEMM  |  

Colaboradores

ACELERADORA DE  |   AGROBASE  |   AGROMUNDO  |   APABOR  |   BRACELPA  |   CIENTEC  |   FAPEMIG  |   FINEP  |   IEF  |   LATEKS  |   PAINEL FLORESTAL  |   TRATALIPTO  |   UFV JR. FLORESTAL  |  
Desenvolvido por Ronnan del Rey